Adeus, DSG: novo Volkswagen Jetta terá câmbio de oito marchas

Sedã será apresentado em janeiro no Salão de Detroit e chega ao Brasil ainda em 2018

volkswagen Jetta 2018 Sedã tem plataforma nova e segue nova tendência de estilo da Volks

Sedã tem plataforma nova e segue nova tendência de estilo da Volks (Divulgação/Volkswagen)

A nova geração do Volkswagen Jetta está pronta. O sedã será apresentado oficialmente no Salão de Detroit, em meados de janeiro, e deverá desembarcar no Brasil em meados de janeiro.

Mas o segredo começou a acabar. A Volks adiantou o visual do seu novo sedã médio em desenhos – e eles confirmam flagra publicado em agosto.

volkswagen Jetta 2018 Lanternas traseiras avançam ainda mais para a lateral

Lanternas traseiras avançam ainda mais para a lateral (Divulgação/Volkswagen)

O que chama atenção é que o Jetta terá design diferenciado entre os demais sedãs da Volkswagen. Em vez da grade acompanhar o tamanho dos faróis, ela é mais alta. No para-choque, tomadas de ar e nichos dos faróis de neblina remetem ao novo Polo

Já o forte vinco lateral, que começa nos para-lamas dianteiros a acaba nas lanternas, também remete aos novos Polo e Tiguan. Ele termina nas lanternas traseiras, que avançam ainda mais sobre a tampa do porta-malas.

Esta nova geração do Jetta também está consideravelmente maior para se distanciar do Virtus – o compacto recém-apresentado tem praticamente as mesmas dimensões do Jetta atual. Seu entre-eixos, por exemplo, poderá passar dos 2,70 m (o atual tem 2,65 m).

Por trás disso está a plataforma MQB A1, mesma versão da plataforma modular usada por Golf e Tiguan, em substituição a antiga PQ35. Por ser mais rígida, a plataforma MQB pode tornar a suspensão mais competente e refinada e tende a elevar a segurança do Jetta.

Também há mudanças no conjunto mecânico. O motor 1.4 TSI não sai de cena, mas será atualizado e sua potência passará dos atuais 150 cv. Além disso, o câmbio automático de seis marchas dará lugar a um novo, de oito, também fabricado pela Aisin. 

volkswagen Jetta 2018 Vinco lateral bem marcado também é visto em Polo e Virtus

Vinco lateral bem marcado também é visto em Polo e Virtus (Divulgação/Volkswagen)

De perfil, o novo Jetta lembra bastante o também mexicano Ford Fusion

De perfil, o novo Jetta lembra bastante o também mexicano Ford Fusion (Reprodução/Internet)

Este mesmo câmbio estará presente nas versões mais caras, que recebem outra versão do motor 2.0 TSI. Ou seja: adeus DSG. 

O motor será o mesmo dos novos Tiguan e Audi A4, chamado de Ultra. Ele rende 190 cv e robustos 30,5 mkgf entre 1.600 e 3.940 rpm. O atual 2.0 rende 211 cv, porém 28,6 mkgf a 2.000 rpm. Ou seja, o novo motor tem mais torque e sua plenitude se estende por uma faixa de rotação maior.

Já dá para prever a Volkswagen chamando o Virtus de mini Jetta. O desenho do interior divulgado pela fabricante guarda boas semelhanças com a dupla Polo/Virtus.

O console central é voltado para o motorista e há o quadro de instrumentos digital Active Info Display. E o volante não muda: é o mesmo visto em quase todos os Volkswagen atuais.

volkswagen Jetta 2018 Nova geração do Jetta terá quadro de instrumentos digital

Nova geração do Jetta terá quadro de instrumentos digital (Divulgação/Volkswagen)

O que já foi definido pela Volkswagen é que esta nova geração do Jetta virá do México, sem chances de ser montada no Brasil. A geração atual chegou a ser montada no Brasil entre julho de 2015 e o final de 2016, quando o sedã voltou a ser importado do México.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Sergio Augusto

    O Feijão com Arroz de sempre da VW !!! sempre levando surra do Toyota Corolla e Honda e agora Gm.

  2. Claudio Fiorini

    Agora sim !! Ficou a cara de carro chines…. kkkkk.
    Essa VW não tem jeito mesmo. Sempre esse desenho cansado…..que falta de criatividade….

  3. Hamilton Macedo

    Acho que a VW vai acertar essa vez, com relação a comparação com Corolla e Honda, quem já andou num VW 2.0 TSI sabe que a Toyota anda anos atrás é sem comparação, já a Honda tem em seu Civic um motor novo e moderno 1.5 turbo que é bom, mas cobra muito caro por isso. Uma coisa é certo Corolla e Civic vendem muito mais que o Jetta, e acredito que continuaram vendendo, mas no Brasil é assim o carro mais vendido é o Onix da Chevrolet que ganhou nota zero em teste de segurança. Mas com certeza o conjunto mecânico do novo Jetta, motor TSI com caixa Aisin de 8 marchas será um ótimo conjunto mecânico, que vai trazer desempenho e economia, podem esperar.

  4. No que diz respeito à motorização da versão mais forte do Jetta, as publicações americanas mais recentes dão como certa a permanência do motor 2.0, porém atualizado para produzir 230 cv e torque com, pelo menos, os 35,7 mkgf da atual versão do Golf GTI.

  5. O povo tem que entender uma coisa, o Jetta é um carro bom, com muita tecnologia e potência e bom conforto e espaço, porém nunca vendeu, não vende nem vai vender mais que o corolla, aliás nenhum sedan jamais venderá, o fato é simples, a toyota tem peças super baratas e muito acessíveis, manutenção baixissima, é a metdade do valor da manuteção do jetta, e sem falar o seguro do corolla que é super barato.
    Agora o Jetta já é um carro caro, de manutenção caríssima, peças super caras, e se der defeito em algo vc vai gastar o olho da cara, e ainda desvaloriza muuuuuito mais que o corolla, ou seja, Jetta é um carro que só vai lhe render gastos. Toyota já tem uma mecânica conhecida e robusta e um custo muito mas muito bom para mantê-lo.

  6. samuel campos ferreira

    PROVE E COMPROVE QUE, TEM CONDIÇÕES DE ABASTECE–LO REGULARMENTE, SEM DEIXAR FALTAR COMBUSTIVEL ! O RESTO…DA–SE UM JEITINHO ! FÁCIL ! FÁCIL !