Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Adeus ao Classe A? Mercedes pode desistir dos carros pequenos

Mercedes-Benz pode ter decidido não criar uma nova geração do Classe A para focar em segmentos mais rentáveis

Por Henrique Rodriguez Atualizado em 13 Maio 2022, 10h40 - Publicado em 13 Maio 2022, 10h39

A primeira geração do Mercedes Classe A, lançada em 1997, foi chocante. Era a Mercedes-Benz entrando em um segmento e em uma faixa de preços onde nunca esteve, Mas, ao que tudo indica, a fabricante alemã desistirá do seu menor carro em busca de rentabilidade.

Assine a Quatro Rodas a partir de R$ 9,90

O Mercedes Classe A está em sua quarta geração e hoje é vendido em versões hatch e sedã. Mas é um fato que a lucratividade dos carros compactos diminuiu nos últimos anos conforme os custos de produção aumentaram.

Mercedes-AMG A 45 S
Esportivo tem motor 2.0 turbo de 421 cv e 51 kgfm, para só 1.635 kg de peso Fernando Pires/Quatro Rodas

Ao mesmo tempo que os compactos ficaram mais caros, o público começou a migrar para os SUVs.

Continua após a publicidade

“Falaremos mais na próxima semana [em um evento de investidores], mas não é nosso objetivo ser um concorrente dos produtores de volume”, disse o CEO da Mercedes, Ola Källenius, ao Financial Times quando perguntado sobre o futuro do Classe A.

Mercedes Classe A 160 testada pela revista Quatro Rodas.
Mercedes Classe A160 da primeira geração Acervo/Quatro Rodas

“Não é isso que a marca Mercedes-Benz representa, portanto, fique atento ao nosso portfólio de produtos… preferimos olhar para cima do que para baixo. Mesmo antes do início das restrições de fornecimento, deixamos claro que nossa estratégia não é buscar volume, mas buscar valor para nossos clientes e empresa”, completou o executivo.

Compartilhe essa matéria via:

A expectativa é que o Mercedes Classe A cumpra seu ciclo de vida, seguindo em produção até 2025. Mas a fabricante pode ter optado por não desenvolver uma nova geração do modelo, que não vive seu melhor momento.

Mercedinho tem visual elegante e muita tecnologia
Mercedes A200 Sedan saiu de linha no Brasil Fernando Pires/Quatro Rodas

A situação é ainda mais complicada para o Classe A Sedan. A produção do modelo no México foi interrompida para que a fábrica pudesse focar na produção do GLB, concentrando toda a demanda pelo modelo na fábrica da marca na Hungria. O modelo perdeu a versão de entrada A200 no Brasil, enquanto a fabricante já decidiu tirar o modelo do seu catálogo nos Estados Unidos e no Canadá.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Continue lendo, sem pisar no freio. Assine a QR.

Impressa + Digital

Plano completo da QUATRO RODAS! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da QUATRO RODAS, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Comparativo entre os principais modelos do mercado.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.

Receba mensalmente a QUATRO RODAS impressa mais acesso imediato às edições digitais no App QUATRO RODAS, para celular e tablet.

a partir de R$ 14,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao Site da QUATRO RODAS, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Comparativo entre os principais modelos do mercado.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.

App QUATRO RODAS para celular e tablet, atualizado mensalmente.

a partir de R$ 9,90/mês