10 carros legais que a gente não vê no Brasil – parte 1

A oferta de automóveis bacanas que você encontra na gringa, mas não por aqui, é grande. Veja o que a gente ainda não pode comprar (de forma oficial)

Ford Mustang Ford Mustang é um dos carros que deveríamos ter nas concessionárias brasileiras

Ford Mustang é um dos carros que deveríamos ter nas concessionárias brasileiras  (/)

A lista de carros sensacionais que não são vendidos no Brasil é grande. Por ora, o único jeito de tê-los é trazendo por conta própria ou recorrer a importadoras independentes. Se esse é seu plano, veja aqui algumas sugestões. E, claro, essas são as nossas. Há algum modelo que você gostaria de ver em nossas ruas? Conte pra gente.

Ford Mustang Na foto, um GT dotado de motor V8 5.0. É um clássico americano legítimo.

Na foto, um GT dotado de motor V8 5.0. É um clássico americano legítimo.  (/)

Ford Mustang – A marca do oval ensaia trazer esse clássico ao Brasil há anos. Mas nunca deu certo: ora por conta do mau desempenho da economia, ora pelo custo de importação elevado, ora por falta de demanda. O interessante é que a frota brasileira de Mustang é grande. Eles Não por menos, a frota brasileira de Mustang é elevada – temos até fã clube. Desde os anos 90, manadas do pony car são trazidas para cá por meio de importação independente. Como ele não veio até a gente, fomos aos Estados Unidos para encontrá-lo (leia aqui).

Chevrolet Corvette Z06 O Vette é a materialização do American Dream.

O Vette é a materialização do American Dream.  (/)

Chevrolet Corvette – Nessa falta os brasileiros não estão sozinhos. A GM optou por deixar sua grande estrela brilhando no mercado interno – então o Corvette ficou restrito ao imaginário americano por décadas. Naquele país o esportivo é a materialização do American Dream. Hoje é possível adquiri-lo na Europa e em alguns países asiáticos. Mas nada de Vette por aqui.

Holden Commodore VF-SSV Os australianos entendem de carro: essa picape baseada no sedã – que conhecemos como Omega – tem motor V8.

Os australianos entendem de carro: essa picape baseada no sedã – que conhecemos como Omega – tem motor V8.  (/)

Holden Commodore – Os americanos têm fama de gostar de motorzão, mas os australianos são os verdadeiros entusiastas do V8. Até carros compactos utilizam big blocks no cofre. E eles também curtem picapes, de todos os tamanhos. Essa Commodore é uma versão do que a gente conheceu como Chevrolet Omega. E, claro, com um V8 debaixo do capô. Olha mais uma vez: uma picape baseada em um sedã grande com motor V8! Um sonho.

Cadillac CTS-V Esse não tem cara de tiozão: o V8 6.2 do Caddy desenvolve 650 cv.

Esse não tem cara de tiozão: o V8 6.2 do Caddy desenvolve 650 cv.  (/)

Cadillac CTS-V – A GM não tem a menor intenção de ver seus caddys circulando no Brasil – o que você encontrar na rua veio por conta própria. Mas esqueça da imagem de carro careta: o CTS-V é um monstro equipado com um V8 6.2 de 650 cv. É o Cadillac mais potente já vendido em série pela marca em seus 112 anos.

Renault Twingo Modelo francês é notório por sua excentricidade. Feito em parceria com a Daimler, tem motor 0.9 turbo e tração traseira.

Modelo francês é notório por sua excentricidade. Feito em parceria com a Daimler, tem motor 0.9 turbo e tração traseira.  (/)

Renault Twingo – O francesinho fez algum barulho por aqui, mas não sobreviveu aos anos 90. Hoje está em sua 3ª geração e preserva a fama de pequeno excêntrico. Feito em parceria com a Daimler, divide a plataforma com o smart fortwo – acordo feito para reduzir custos de produção. Então, assim como o modelo alemão, é dotado de tração traseira. A versão arisca usa um motor 0,9 turbinado de 90 cavalos.

Mazda MX-5/Miata O conversível japonês é um best-seller e um dos automóveis mais divertidos do mundo.

O conversível japonês é um best-seller e um dos automóveis mais divertidos do mundo.  (/)

Mazda Miata/MX-5 – O dois-lugares japonês é considerado um dos carros mais divertidos de todos os tempos. É também um recordista de vendas em sua categoria, com mais de um milhão de unidades comercializadas. Porém, nenhuma delas veio para cá oficialmente. A quarta geração acaba de fazer sua estreia. Tem duas opções de motor (1.5 e 2.0) e, claro, tração traseira.

Opel Adam O compacto alemão tem tamanho de 500 e disposição de esportivo, apesar da pequena cilindrada.

O compacto alemão tem tamanho de 500 e disposição de esportivo, apesar da pequena cilindrada.  (/)

Opel Adam – Esse city car alemão foi bastante premiado na Europa e é vendido em diversos países do continente. A gama de motores é de baixa cilindrada (1.2, 1.4 e 1.0 turbo), mas o modelo é conhecido por ser extremamente ágil e gostoso de guiar. Um dos grandes sucessos da Opel.

Dodge Challenger SRT Hellcat Modelo é o muscle car de série mais potente do mundo.

Modelo é o muscle car de série mais potente do mundo.  (/)

Dodge Challenger Hellcat – É o muscle car de série mais potente do planeta. Tem 717 cavalos. É tudo o que temos a dizer, além do fato de termos dirigido a fera.

Alfa Romeo Giulia Esse italiano já nasceu clássico. Faz juz ao nome Giulia, potencializando a beleza dos antecessores.

Esse italiano já nasceu clássico. Faz juz ao nome Giulia, potencializando a beleza dos antecessores.  (/)

Alfa Romeo Giulia – A gente nem precisa falar só do Giulia: falta por aqui qualquer carro da marca. Mas esse modelo doeu demais em nós, órfãos, pois faz jus aos antepassados. É provavelmente o Alfa mais bonito de todos os tempos.

BMW M2 Cupê compacto tem motor 3.0 e tração traseira

Cupê compacto tem motor 3.0 e tração traseira  (divulgação/BMW)

BMW M2 – A oferta de modelos é farta, mas há lacunas no cardápio, como o M2. O cupezinho ignorante da família M tem um motor 3.0 de seis cilindros em linha com 370 cavalos. Na versão manual, vai de 0 a 100 km/h em 4,2 s. Tem tração traseira e botão para desligar o ESP.

Esses são só os primeiros 10 modelos que a gente poderia no Brasil. Você tem sugestões que não entraram na lista? Deixe sua opinião!

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s