Autodefesa: VW Polo e Virtus com problemas na água do radiador

Proprietários reclamam do sumiço do líquido do sistema de arrefecimento de Polo e Virtus 1.0 turbo. Volks já emitiu dois comunicados à rede

Autodefesa - Virtus Highline Gláucia diz que dá até para ouvir o barulho de água atrás do painel

Gláucia diz que dá até para ouvir o barulho de água atrás do painel (Cristiano Mariz/Quatro Rodas)

Verificar constantemente o nível da água do radiador é coisa de carro mais velho, certo? Bem, tem dono de 0 km sofrendo com isso nos últimos meses: proprietários de Polo e Virtus com motor 200 TSI (1.0 turbo) relatam que o líquido de arrefecimento anda sumindo.  

“Quando levei meu carro para um conserto, percebi que o nível estava baixo. A concessionária não fez nada e eu tive de completar o reservatório por minha conta”, diz o militar Diego Lopes, de Recife (PE), dono de um Polo Comfortline 200 TSI 2017.

Apuramos que em um grupo de WhatsApp de donos de Polo e Virtus cerca de 50 pessoas relataram essa falha.

O sumiço do líquido, porém, costuma ser acompanhado por dois inconvenientes. O mais comum é um ruído característico dentro do veículo.

VW Virtus O problema envolve os motores EA211 1.0 TSI usado no Polo e Virtus

O problema envolve os motores EA211 1.0 TSI usado no Polo e Virtus (Christian Castanho/Quatro Rodas)

“Desde os 1.800 km, eu ouço o barulho de água borbulhando no painel, como se estivesse escorrendo dentro da caixa de ar”, explica a empresária Gláucia Formiga, de Brasília (DF), que tem um Virtus Highline 200 TSI 2018.

“A autorizada disse que pode ser algo no sistema de ar-condicionado e pediu 20 dias para fazer o conserto.”

Outro inconveniente é um vazamento na cabine, como lembra a contadora Camila Minetto, de Cerqueira César (SP), que tem um Polo Comfortline 200 TSI 2017.

“O vazamento apareceu com seis dias de uso. Quando verifiquei o carpete do lado do motorista, estava encharcado. A carroceria e os trilhos do banco apresentam hoje pontos de ferrugem.”

O vaso de expansão do sistema de arrefecimento possui um sensor de nível

O vaso de expansão do sistema de arrefecimento possui um sensor de nível (Divulgação/Volkswagen)

Para tentar resolver o problema, a VW enviou à sua rede autorizada duas Instruções Técnicas do Produto (ITP). A primeira (2048579/1) foi emitida em 15 de fevereiro e se refere aos casos em que um vazamento atinge a correia de acessórios (poly-V), que move a bomba d’água utilizada no sistema de arrefecimento.

A segunda (2049945/3), de 16 de abril, orienta o procedimento a seguir caso os clientes reclamem que o líquido de arrefecimento está diminuindo.

Consultada, a Volkswagen do Brasil nos encaminhou o seguinte posicionamento:

  • Em algumas unidades dos modelos Volkswagen Polo e Virtus foi identificada a ocorrência de bolhas de ar no sistema de arrefecimento. Essas bolhas podem gerar ruído e, na utilização normal do veículo, tendem a desaparecer, com eventual redução no nível do líquido de arrefecimento no reservatório. Lembramos que esses veículos são equipados com sensor do nível do líquido de arrefecimento. No caso de o líquido estar abaixo do limite especificado, um alerta é emitido no quadro de instrumentos do veículo. Portanto, não há riscos para a utilização dos veículos.
  • O reparo consiste em remover as bolhas com equipamento especificado pela Volkswagen e, se necessário, completar o nível do líquido de arrefecimento do motor.
  • Todos os clientes que procuraram atendimento na rede de concessionárias foram atendidos e os veículos entregues em condições normais de uso.
  • A Volkswagen investe continuamente na melhoria de seus produtos e processos. Todos os modelos contam com três anos de garantia total, incluindo os sistemas de motor e transmissão. Para isso, é necessário que se cumpra o Plano de Manutenção do veículo, conforme recomendação do Manual do Proprietário.

O POVO RECLAMA

“No meu carro, a água está baixando sempre. E eu soube que outros Polo e Virtus possuem esse mesmo problema. A autorizada disse que precisará tirar o painel para trocar uma peça.” – Bruno Nery Lopes, de Brasília (DF), dono de um Virtus Highline 2018

“Percebo o barulho de água principalmente quando acelero o motor. Ao colocar o carro  em movimento, tanto para a frente quanto para trás, escuto o líquido se movimentando atrás do painel.” – Pablo Campbell, Vitória (ES), dono de um Polo Comfortline 2018

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

  1. Cléber Ribeiro Fontes

    Surpreso com a reportagem “Crise da água”. Nosso Virtus Highline 200 TSI 2018, com apenas 29 dias de uso, está parado na concessionária Recreio BH com a mangueira do radiador trincada (O.S. 614786) desde 06/07/18. Vazou muito líquido de arrefecimento. Concessionária sem a mangueira alegando que a fábrica também não a possui para entrega. Oi??? Como o carro continua em produção então??? Pela reportagem vejo que é um problema comum do Virtus e Polo, com conhecimento da Volkswagen. Estranha esta resposta da fabricante citando apenas ocorrência de bolhas e nada sobre o vazamento, e também que todos os problemas foram resolvidos pois a reportagem é de 13/07 e meu e meu pedido na concessionária foi em 06/07 e ainda não possui sequer previsão de atendimento. Agradeço à Quatro Rodas por esclarecerem o problema e alertarem os clientes.
    Se a Volkswagen tiver respeito aos seus clientes apresentará um recall destes carros. Se tiver…

  2. Estou interessado em adquirir um Polo Highline, mas vou seguir a regra de não comprar o carro no ano de lançamento, justamente para não ser “beta tester” da fabricante para corrigir as falhas de projeto.

  3. Carlos Minkap

    Esta a fim de comprar um Polo Highline, mas diante deste problema e alguns outros, vou esperar a té o ano que vem para ver se a montadora corrige e possa ser um carro confiável como eram os antigos Polos.

  4. José Elias de Souza

    Pelo jeito a Volksgate continua fazendo carroças. Que saem da fábrica com defeito. É típico da má qualidade do produto confeccionado pelo fornecedor. Preço baixo, produto ruim. Sempre foi assim e sempre será.