Clique e Assine QAUTRO RODAS por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Vídeo: o Peugeot 208 manual é melhor que o automático?

Pouco após seu lançamento, o Peugeot 208 ganhou uma nova versão básica, a única com câmbio manual. Nesse vídeo, exploramos seus pontos fortes e fracos

Por Eduardo Passos
Atualizado em 9 mar 2022, 17h58 - Publicado em 8 mar 2022, 17h00

Depois do sucesso do 206 no início dos anos 2000, a Peugeot viu na nova geração do 208, que estreou Brasil em 2020, um candidato a repetir sua boa fase entre os compactos. Se inicialmente a proposta era oferecer um compacto mais requintado — com uma versão elétrica, que demorou mas veio — a realidade se mostrou mais dura. 

Assine a Quatro Rodas a partir de R$ 9,90

Isso porque, a fim de alavancar as vendas, a montadora francesa precisou recorrer ao câmbio manual em uma nova versão de entrada, mais simples e que não estava prevista na estratégia original para o Brasil. Com o mesmo motor 1.6 do resto da linha, o Peugeot 208 Like (R$ 85.490) é uma aposta incomum para tempos de tanta cautela.

Ao mesmo tempo que aproveita o estilo e mecânica de versões mais caras, o 208 básico opta por simplificações em aspectos que compõem a venda do seu “peixe”, como em funções tecnológicas.

Continua após a publicidade

Ainda que tenha 2 cv e 0,5 kgfm de torque a menos (as versões automáticas ficaram mais fotes com o Proconve L7), ele é mais rápido e econômico que as versões mais caras, que, no caso do 208 Griffe, chegam a R$ 114.990. Mesmo assim, questões como o espaço interno seguem problemáticas além do que equipamentos de série podem resolver.

Versão de entrada perde itens do visual e equipamentos
Versão de entrada perde elementos visuais e equipamentos (Reprodução/Peugeot)

Entre tópicos como a ergonomia, design interno e externo, praticidade e até mesmo segredos guardados a sete chaves pela marca, destacamos cinco pontos negativos e cinco pontos positivos do compacto argentino. Assista!

Ficha técnica – Peugeot 208 Like 1.6 16V

  • Motor: flex, diant., transv., 4 cil., 16V, 1.587 cm³, 78,5 x 82 mm, 118/115 cv a 5.750 rpm, 15,1 kgfm a 4.750/4.000 rpm
  • Câmbio: manual, 5 marchas, tração dianteira Direção: elétrica, 10,4 m (diâmetro de giro)
  • Suspensão: McPherson (diant.), eixo de torção (tras.) Freios: disco ventilado (diant.) e tambor (tras.)
  • Pneus: 195/55 R16
  • Peso: 1.178 kg
  • Dimensões: compr., 405,5 cm; larg., 196 cm; alt., 145,3 cm; entre-eixos, 253,8 cm; alt. solo, 15 cm; porta-malas, 265 l, tanque, 47 l

Consumo*:

Urbano: 7,9 km/l (A)/11,5 km/l (G)
Rodoviário: 11,5 km/l (A)/13,1 km/l (G)

Desempenho*:

0 a 100 km/h: 10,8 s
Velocidade máxima: 190 km/h

*Dados de fábrica

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

A edição 755 de QUATRO RODAS já está nas bancas!
A edição 755 de QUATRO RODAS já está nas bancas! (Arte/Quatro Rodas)
Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Quatro Rodas impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.