Clique e assine por apenas 8,90/mês

Ranking de testes: esportivos até R$ 100.000

Os números de aceleração, retomada e frenagem dos modelos esportivos abaixo dos cem mil reais

Por Redação - Atualizado em 9 nov 2016, 15h02 - Publicado em 15 ago 2016, 21h06
Ranking de testes: esportivos até R$ 100.000

As listas a seguir exibem os números de aceleração, retomada (de 80 a 120 km/h) e frenagem (de 120 km/h a 0) dos esportivos à venda no Brasil por até R$ 100.000. Além do nivelamento pelo preço, todos eles possuem câmbio manual.

Antes, vale novamente o esclarecimento: os números obtidos por QUATRO RODAS não têm a pretensão de representar fielmente a realidade – afinal, cada motorista pode obter marcas diferentes conforme sua tocada, o combustível utilizado e as condições do teste (como a altitude e a temperatura).

Nosso objetivo ao levar um automóvel para a pista é avaliá-lo conforme os parâmetros pré-estabelecidos, idênticos para todos, e que servem para que os números obtidos possam ser comparados em igualdade de condições, sem a influência do motorista. Ou seja: mais importante que os números absolutos é a diferença estabelecida entre eles.

Todos os testes são feitos com os pneus calibrados a frio, tanque cheio, vidros e entradas de ar fechados e o ar-condicionado, desligado. Nos carros manuais, as marchas são trocadas nas rotações indicadas para cada velocidade. Nos automáticos, a alavanca do câmbio fica em D (ou S, se disponível) e o piloto pressiona o acelerador até o final do curto.

Continua após a publicidade

As medições são obtidas por um sistema de aquisição de dados Racelogic V-Box, mais preciso que o velocímetro do carro (que costuma indicar velocidades maiores que as reais). O combustível utilizado é sempre a gasolina, para que carros flex e não-flex possam ser comparados em condições de igualdade.

O uso do Racelogic V-Box e da gasolina geralmente resultam em números de aceleração inferiores aos obtidos por outras publicações e informes com metodologia diferente. Além disso, são feitos no mínimo três medições em cada sentido da pista (seis no total), para anular os efeitos do vento. Para o cálculo das médias, descarta-se o melhor e o pior dos resultados.

 

Continua após a publicidade

Aceleração de 0 a 100 km/h

Continua após a publicidade

Mesmo mais pesado, com uma calibragem de motor ligeiramente diferente, com um cavalos a menos de potência quando abastecido com gasolina (165 cv contra 166 cv) e um câmbio com relações mais longas, o DS 3 levou a melhor sobre o 208 GT. Contribuiu para isso o overboost disponível no DS 3, que eleva por alguns instantes o torque de 24,5 para 26,5 mkgf com o pé embaixo a partir da terceira marcha, e os diferentes ajustes no controle de tração. 

Aceleração de 0 a 100 km/h (com gasolina)
Posição Modelo Tempo (em segundos)
DS 3 1.6 THP MT 7,6
Peugeot 208 GT 1.6 THP MT 8,2
Fiat 500 Abarth 1.4 MultiAir MT 9
Suzuki Swift Sport R 1.6 MT 9,3
Renault Sandero R.S. 2.0 MT 10

 

Continua após a publicidade

Retomada de 80 a 120 km/h

Aqui, é importante ressaltar que a medição é feita apenas em 5ª marcha, sem trocas – justamente para eliminar a influência da tocada do motorista nas medições. Com reduções de 5ª para 4ª e posteriores mudanças de marcha, os números de todos os modelos certamente seriam melhores, mas perderiam o referencial de comparação. Em situações idênticas, sem a interferência do acionamento do câmbio, o 208 GT levou a melhor por uma mínima diferença.

Continua após a publicidade
Retomada de 80 a 120 km/h (com gasolina)
Posição Modelo Tempo (em segundos)
Peugeot 208 GT 1.6 THP MT 8,2
DS 3 1.6 THP MT 8,3
Renault Sandero R.S. 2.0 MT 8,8
Suzuki Swift Sport R 1.6 MT 10,7
Fiat 500 Abarth 1.4 MultiAir MT 11

 

Continua após a publicidade

Frenagem de 120 km/h a 0

O baixo peso (1.065 kg, quase 200 a menos que o DS 3) ajudou o Suzuki Swift Sport R a tomar a liderança nas provas de frenagem. Neste tipo de medição, o condutor estabiliza o carro na velocidade de teste, deixa o câmbio em ponto morto ou neutro (para evitar a ação do freio motor) e freia. Antes de cada ensaio, o sistema é resfriado para evitar fadiga nos freios e o comprometimento do desempenho. O resfriamento é feito com o carro em movimento, a 70 km/h, durante cerca de 5 km.

Frenagem de 120 km/h a 0
Posição Modelo Distância (em metros)
Suzuki Swift Sport R 1.6 MT 57,5
DS 3 1.6 THP MT 60
Peugeot 208 GT 1.6 THP MT 60
Renault Sandero R.S. 2.0 MT 63,7
Fiat 500 Abarth 1.4 MultiAir MT 69,3

 

Continua após a publicidade

Um dado complementar para as tabelas acima são os preços dos modelos citados. Abaixo, os valores atualizados para o mês de agosto de 2016:

Preços iniciais de tabela
Renault Sandero R.S. 2.0 MT R$ 62.125
Peugeot 208 GT 1.6 THP MT R$ 80.590
DS 3 1.6 THP MT R$ 82.490
Suzuki Swift Sport R 1.6 MT R$ 82.990
Fiat 500 Abarth 1.4 MultiAir MT R$ 94.000
Publicidade