Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

RAM 1500 TRX é picape mais rápida do mundo e ainda sabe voar

Picape de linha mais rápida do mundo, Ram 1500 TRX ainda é capaz de saltar: uma proeza para seus quase 6 metros de comprimento e 3 toneladas

Por Joaquim Oliveira Atualizado em 8 jul 2021, 23h11 - Publicado em 8 jul 2021, 23h12
2021 Ram 1500 TRX
TRX tem sistema detector de saltos e prepara a picape para o pouso Divulgação/Quatro Rodas

Depois de 65 milhões de anos, o tiranossauro Rex – T-Rex para os íntimos – está de volta. É verdade que nesse tempo ele mudou. Comprovando a teoria darwiniana de evolução, comprimento e altura caíram pela metade e o peso representa apenas 1/3 em relação a seu ancestral.

Clique aqui e assine Quatro Rodas por apenas R$ 8,90.

Até o nome ficou menor. Mas, da mesma forma que seus antepassados, a picape Ram TRX preserva o poder de encantar e amedrontar. A exemplo do que certamente ocorria com o maior dinossauro carnívoro, a TRX não passa despercebida quando sai à caça. Ou melhor, às ruas. O impacto visual da picape se torna ainda mais assustador quando ela fica diante de seres menores, caso de todos os demais automóveis.

2021 Ram 1500 TRX
TRX é 12 cm mais alta que a Ram 1500 Rebel vendida no Brasil Divulgação/Quatro Rodas

Liberamos nosso tiranossauro de metal em Munique, na Alemanha, e naquela floresta o animal chamou mais atenção do que um touro (como o Lamborghini Huracán) e um cavalo (como a Ferrari 488).

Chega a ser um pouco embaraçoso ter tantos olhares na nossa direção. Afinal, trata-se de um raro dinossauro no centro da terceira maior cidade da Alemanha. E não dispor de sistema start-stop para acalmar o grave ronco do motor parado no semáforo, definitivamente, não ajuda.

  • A raridade do espécime é explicada pelo fato de a Ram TRX não ser distribuída na Europa (para o Brasil, oficialmente, não há previsão, mas sabemos que ela já foi homologada).

    2021 Ram 1500 TRX interior
    Acabamento luxuoso emprega couro, Alcantara e detalhes de fibra de carbono Divulgação/Quatro Rodas

    O modelo é levado à Alemanha por um importador independente, que oferece o animal por preços a partir de 119.000 euros (cerca de R$ 786.000). Para ter uma ideia, naquele país essa quantia permite pôr na garagem um Porsche 911 Carrera, que custa a partir de 108.000 euros.

    Nos EUA, seu habitat, as 702 unidades da edição de lançamento (o número é uma alusão à potência, em hp) esgotaram–se em menos de três horas. Lá, os preços começam em US$ 70.295 (R$ 385.000).

    A TRX é feita sobre a base da 1500 Rebel (à venda no Brasil, por R$ 429.990), mas recebeu muitos reforços. A suspensão, totalmente renovada, teve a geometria revista.

    2021 Ram 1500 TRX
    No console há um local para recarregar o celular por indução Divulgação/Quatro Rodas

    Os braços de controle de alumínio forjado são novos, e os amortecedores ativos são da Bilstein. Além disso, as molas helicoidais traseiras, feitas especialmente para o modelo, têm 64 cm e são as maiores entre todos os veículos de produção no mundo. O curso da suspensão é de 33 cm.

    Na frente, a suspensão é formada por duplos triângulos sobrepostos. Atrás, há um eixo rígido e cinco braços de ligação, sendo um deles uma barra Panhard. As molas são helicoidais, mais confortáveis do que os feixes de lâminas.

    As bitolas foram alargadas em mais de 15 cm, assim como a largura da carroceria. Além do maior porte em relação à 1500 normal, a personalidade tenebrosa da TRX pode ser notada na grade escurecida e no capô cheio de aberturas, para que o lendário Hellcat 6.2 V8 de 711 cv e 89,8 kgfm respire melhor.

    2021 Ram 1500 TRX
    Painel de instrumentos mistura informações digitais e analógicas Divulgação/Quatro Rodas

    A Mopar oferece ainda mais de 100 opções de personalização, para torná-la mais urbana ou campestre, de acordo com os desígnios do proprietário. Na lista há santantônio, suporte de fixação do estepe na caçamba, iluminação de led no teto etc.

    Interior refinado surpreende  Como é 12 cm mais alta que a 1500 regular, a TRX exige dotes de alpinista para se chegar à cabine. O degrau escorrega um pouco e teria sido útil dotar a Ram de suportes de apoio automáticos. Mas a escalada compensa, porque o interior é surpreendente.

    Continua após a publicidade

    Há diversos upgrades, caso do volante esportivo de base reta com borboletas de alumínio para troca de marcha no modo manual (pela primeira vez numa Ram), bancos com apoio lateral reforçado e uma equilibrada combinação de couro, Alcantara e fibra de carbono.

    2021 Ram 1500 TRX
    O sistema de som é da marca Harman Kardon Divulgação/Quatro Rodas

    A instrumentação combina mostradores redondos (caso de velocímetro e conta-giros) com uma zona central digital que apresenta diferentes grafismos, conforme as escolhas do motorista. Há ainda teto solar, head-up display, central multimídia com uma grande tela vertical de 12” e sistema de áudio hi-end da Harman Kardon com 19 alto-falantes.

    Nos diversos menus que podem ser consultados na tela há um cardápio com oito modos de conduzir: Auto, Sport, Individual, Neve, Lama/Areia, Pedras, Reboque (até 3,67 toneladas) e Baja.

    Este último prepara o carro para alto desempenho sobre piso não pavimentado, mas sem grandes imperfeições, como um rali de velocidade (daí o nome sugestivo, emprestado da região ao sul da Califórnia). Assim, sugere um ajuste próximo ao esportivo para motor, câmbio e direção, porém com aumento de curso da suspensão.

    2021 Ram 1500 TRX
    Além de largos e confortáveis, os bancos têm grandes apoios laterais Divulgação/Quatro Rodas

    A picape que voa  

    O T-Rex não voava, mas a TRX sai do chão (teoria da evolução, lembra?). Basta acelerar até cerca de 70 km/h em direção a uma elevação para a picape saltar para o infinito e além.

    Um sistema de detecção de saltos percebe quando as quatro rodas estão no ar e atua para definir potência e torque (evitando saída de giros), marcha engrenada, distribuição de força pelos dois eixos e a regulagem dos amortecedores, para que a aterrissagem seja a mais confortável e segura possível.

    Mesmo sem termos feito um teste tão radical, alguns saltos mais conservadores foram suficientes para perceber que a TRX está à altura dessas promessas. Da mesma forma, uma incursão por uma área off-road bastou para a Ram deixar para trás pedras e crateras ameaçadoras.

    2021 Ram 1500 TRX
    Tomada de ar no capô tem iluminação própria com leds Divulgação/Quatro Rodas

    Os 30 cm de altura do solo (lembra da escalada à cabine?), os generosos ângulos de entrada e saída, o diferencial traseiro autoblocante e os 80 cm de capacidade de travessia de trecho alagado dão conta do recado.

    Dupla personalidade  Outra surpresa é que, em baixa velocidade, a TRX é um animal dócil. O isolamento acústico agrada (há até tecnologia de cancelamento de ruído) e o nível de conforto supera todas as expectativas, principalmente tendo em conta que se trata de um veículo com chassi de longarinas.

    Rodando, ela se assemelha a um moderno crossover ou SUV com carroceria monobloco. As impressões positivas continuam quando se aumenta o ritmo. Em curvas, os movimentos da carroceria são contidos e a estabilidade é muito boa.

    RAM 1500 TRX
    Suspensão tem braços de alumínio e amortecedores ativos Bilstein. Placa identifica, no console, a versão e a unidade Divulgação/Quatro Rodas

    Passando para o modo Sport, a TRX adota um sentido de urgência em tudo o que faz, desde as acelerações ofegantes (acompanhadas pelo assobio do compressor) até a rapidez nas trocas de marcha, ao mesmo tempo que a direção ganha precisão e peso.

    Para quem quiser testar o launch control, recomenda-se uma consulta médica prévia, porque a sensação de ser catapultado até os 100 km/h em menos de 5 segundos nesta picape gigantesca e de ter a massa cinzenta projetada quase instantaneamente para o quarto dos fundos do cérebro pode não ser indicada a todos. Agora é juntar as mãos e rezar para a evolução um dia não eliminar também esse dinossauro da Terra.

    RAM 1500 TRX
    Além da ornamentação característica, a TRX teve as bitolas alargadas em 15 cm na comparação a uma Ram normal Divulgação/Quatro Rodas

    Veredicto

    Uma picape para quem não se contenta com pouco.

    Ficha Técnica

    • Preço: 119.000 euros
    • Motor: gas., long., V8, 32V, injeção direta, compressor, 6.116 cm3; 711 cv a 6.100 rpm, 89,8 kgfm a 4.800 rpm
    • Câmbio: automático 8 marchas, 4×4
    • Suspensão: duplo A (diant.), eixo rígido (tras.)
    • Freios: disco ventilado nas quatro rodas
    • Direção: eletro-hidráulica, diâmetro de giro, 14,7 m
    • Pneus: 325/65 R18
    • Dimensões: comprimento, 591,6 cm; largura, 223,5 cm; altura, 205,4 cm; entre-eixos, 368,5 cm; peso, 2.880 kg; carga, 594 kg; reboque, 3.674 kg; tanque, 150 l; ângulo de entrada, 30o; de saída, 23,5o, vão livre, 30 cm
    • Desempenho*: 0 a 100 km/h, 4,8 s; velocidade máxima, 190 km/h

    *Dados de fábrica

    Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital

    Capa de QUATRO RODAS 746
    A edição 746 de QUATRO RODAS já está nas bancas! Arte/Quatro Rodas
    Continua após a publicidade
    Publicidade