Clique e assine por apenas 8,90/mês

Que atire a segunda pedra

Por Redação - 5 dez 2014, 09h00

Por Péricles Malheiros

26 938 km

Está ficando cada vez mais comum: uma equipe de jardinagem apara a grama na lateral da rua e, de repente, uma pedra é disparada na direção dos carros. O correto é que entre o gramado e o asfalto seja fixada uma tela de proteção. Mas isso nem sempre impede os incidentes. O editor Paulo Campo Grande conta: “Passei ao lado de uma área gramada que estava sendo cuidada por funcionários da prefeitura paulistana. Dois deles seguravam uma rede ao lado de um terceiro que aparava o mato com um máquina. Mesmo assim, algo arremessado atingiu minha porta quando passei, danificando a pintura na região da maçaneta”. O prejuízo foi pequeno – nada além de um pequeno risco –, mas o perigo é grande. “Se a pedra tivesse voado só um pouco mais alto, poderia ter quebrado o vidro e me machucado”, diz PCG.

Vale lembrar que o Mercedes-Benz A 200, ex-integrante da frota de Longa, desmontado em outubro, teve um farol condenado numa situação semelhante. Fomos ressarcidos do prejuízo pela concessionária que administrava a rodovia onde a pedra foi lançada, mas, se não fosse isso, teríamos gastado R$ 8 050. No mês passado, um pedaço de pneu atingiu e quebrou o para-brisa do Corolla. Com seguro para vidros, pagamos a franquia de R$ 90 e, após 2h40 de espera na Carglass, retiramos o Corolla de para-brisa novo – inclusive com a numeração do chassi gravada na base.

Consumo
No mês: 8,7 km/l com 20,3% de rodagem na cidade
Desde mai/14: 8,3 km/l com 30,7% de rodagem na cidade
Combustível: etanol

Gastos no mês
Combustível: R$ 1 451
Franquia: R$ 90

Publicidade