Clique e assine com até 75% de desconto

Longa Duração: concessionária ignora defeitos do Onix Plus na revisão

A lista de pedidos de verificação do nosso Chevrolet Onix Plus era extensa para a revisão dos 30.000 km, mas ele saiu da concessionária como entrou

Por Henrique Rodriguez Atualizado em 11 nov 2020, 23h42 - Publicado em 9 nov 2020, 08h00
Leonardo Barboza/Quatro Rodas

O diário de bordo do nosso Chevrolet Onix Plus está cheio de anotações. Tome nota: dificuldade no fechamento dos vidros elétricos traseiros, tranco nas trocas de segunda para terceira marcha, barulho de vento na porta do motorista, barulho na coluna A esquerda, rangido no banco do motorista, sensação de direção leve e um tranquinho na primeira partida com o carro ainda frio.

Quer ter acesso a todos os conteúdos exclusivos de Quatro Rodas? Clique aqui e assine por apenas R$ 5,90

Relatamos tudo isso ao chefe de oficina da concessionária Dutra Norte, em São Paulo (SP), que aceitou receber o carro três horas antes do agendado.  O consultor entraria em contato mais tarde para dizer que as pastilhas de freio dianteiras estavam condenadas. Optamos por fazer a troca posteriormente, após três orçamentos, como praxe.

Para buscar o carro, o sistema foi self-service. “Liguei para a concessionária às 9 horas e o Onix já estava pronto. Ao chegar lá, fui direto à recepção da oficina, onde a atendente só me entregou a guia para pagamento, sem falar sobre o carro ou chamar o consultor. Depois, ninguém me deu uma satisfação ou me levou até o Onix. A chave estava jogada no banco e o único cuidado foi ter deixado o carro aberto”, conta o piloto de testes Eduardo Campilongo.

  • O serviço custou R$ 508, ante os R$ 496 previstos no site da marca, e incluiu um estranho aditivo de óleo não previsto no plano da revisão. Alinhamento, balanceamento e rodízio custaram R$ 120.

    Eduardo, contudo, procurou o consultor para buscar explicações sobre nossa longa lista de pedidos. “Sobre o câmbio, ele disse que os trancos são normais do carro e, quanto ao resto, desconversou ou tentou improvisar alguma resposta. Mas tudo está como antes”, diz Eduardo.

    O carro saiu da concessionária direto para a checagem do serviço na oficina Fukuda Motorcenter. Tudo foi trocado, inclusive o filtro de cabine (R$ 113) pedido à parte, mas o rodízio foi feito errado.

    “O manual prevê o cruzamento das rodas que vão para a frente”, conta o técnico Fábio Fukuda, que concordou com a troca das pastilhas de freio. Então, faremos já.

    Chevrolet Onix Plus – 29.901 km

    Ficha técnica:
    Versão: Premier 1.0 12V Turbo
    Motor: 3 cilindros, dianteiro, transversal, 999 cm3, 12V, turbo, 116/116 cv a 5.500 rpm, 16,8/16,3 mkgf
    a 2.000 rpm
    Câmbio: Automático, 6 marchas, tração dianteira
    Seguro: R$ 1.112 (Perfil Quatro Rodas)
    Revisões: Até 60.000 km – R$ 3.012
    Gasto no mês: Combustível: R$ 1.583
    Revisão: R$ 508 + R$ 120
    Filtro de cabine: R$ 113
    Consumo: No mês: 15,4 km/l com 32% de rodagem na cidade
    Desde dez/19: 12,8 km/l com 28,9% de rodagem na cidade
    Combustível: Flex (gasolina)

    Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

    Arte/Quatro Rodas
    Continua após a publicidade
    Publicidade