Clique e assine por apenas 8,90/mês

Longa Duração: Chevrolet Onix Plus tem revisão rápida, mas incompleta

Onix Plus vai ao Paraná fazer sua segunda revisão e volta com dois recalls brancos e até novas características dinâmicas

Por Henrique Rodriguez - Atualizado em 24 ago 2020, 10h46 - Publicado em 24 ago 2020, 07h55
Aos 20.000 km, uma revisão muito rápida, mas que se mostrou incompleta Leonardo Felix/Quatro Rodas

Uma das funções do Longa Duração é reproduzir ao máximo a vida do proprietário de cada carro. Fazer revisões em outras cidades ou estados não é algo normal para a grande maioria, mas para o teste funciona como um termômetro da qualidade do atendimento pelo Brasil. Por isso, cada carro faz ao menos uma revisão fora de São Paulo.

O jornalista Leonardo Felix aproveitou a viagem a Londrina (PR) para fazer a segunda revisão do nosso Chevrolet Onix Plus Premier. Na hora do agendamento, a concessionária Metronorte já havia sinalizado em qual baia e por qual técnico o carro seria atendido.

Quer ter acesso a todos os conteúdos exclusivos de Quatro Rodas? Clique aqui e assine com 64% de desconto.

Algumas questões foram apontadas na hora de deixar o carro na concessionária, como o recorrente alerta indevido de pneus vazios e a vibração excessiva do motor na primeira partida do dia.

“O serviço foi muito rápido. Deixei o carro às 10 horas e às 13h50 me ligaram dizendo que ele já estava pronto e liberado”, conta Felix. O consultor ainda apontou que o veículo passou por dois recalls brancos (ajustes que não impactam na segurança do veículo) que contemplam atualizações dos módulos do motor e do controle da carroceria.

A revisão saiu pelo preço informado no site da Chevrolet: R$ 576. Os serviços de alinhamento, balanceamento e rodízio estavam em promoção (R$ 59,90), somando: R$ 635,90.

Mas houve surpresa após o serviço. De volta a São Paulo, o Onix Plus seguiu para a oficina Fukuda Motorcenter, onde o nosso consultor técnico, Fábio Fukuda, fez uma verificação dos serviços. “Todas as peças com troca prevista na revisão foram substituídas. Mas o rodízio não foi feito e o filtro de ar do motor, cuja troca só ocorre aos 40.000 km, está bem sujo. E podem não ter visto o filtro de cabine, pois se tivessem feito isso teriam recomendado a troca”, conta.

Mas a vibração do motor não diminuiu após a atualização do módulo. A novidade é a percepção geral de que a direção elétrica está mais leve e sem variação de peso conforme a velocidade aumenta. Investigaremos.

Chevrolet Onix Plus – 20.224 km

Ficha técnica:
Versão: Premier 1.0 12V Turbo
Motor: 3 cilindros, dianteiro, transversal, 999 cm3, 12V, turbo, 116/116 cv a 5.500 rpm, 16,8/16,3 mkgf
a 2.000 rpm
Câmbio: Automático, 6 marchas, tração dianteira
Seguro: R$ 1.112 (Perfil Quatro Rodas)
Revisões: Até 60.000 km – R$ 3.012
Gasto no mês: Combustível: R$ 114
Revisão: R$ 635,90
Consumo: No mês: 10,2 km/l com 38,3% de rodagem na cidade
Desde dez/19: 12,1 km/l com 26,6% de rodagem na cidade
Combustível: Flex (gasolina)

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

Continua após a publicidade
Publicidade