Assine QUATRO RODAS por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Longa Duração: Jeep Compass enfrenta problemas na chave presencial

Jeep Compass vem apresentando dificuldade para reconhecer a chave e liberar a partida do motor. Barulhos de acabamento começam a roubar a atenção

Por Henrique Rodriguez
Atualizado em 20 nov 2022, 18h43 - Publicado em 7 jul 2022, 12h01

Todo carro da frota do Longa Duração tem um diário de bordo, no qual tudo é anotado. Onde vai, quando abastece e o que acontece é compartilhado ali. É quase uma rede social de cada carro. A área de relatos nunca havia sido tão usada como agora, depois da revisão dos 24.000 km.

O repórter Guilherme Fontana constatou que o 1.3 turbo do Jeep Compass está mais suave, enquanto o redator-chefe Paulo Campo Grande reparou que, em alguns momentos, o motor faz barulho semelhante ao de motores diesel.

Isso possivelmente se deu devido às atualizações de software do motor feitas para corrigir o consumo de óleo.

Contudo, falhas de funcionamento da chave presencial – o que nunca havia acontecido – passaram a ser recorrentes no último mês. Houve problemas não só para destrancar o carro como também para ligar o motor e com o carro em movimento, quando acusava no painel “chave eletrônica longe do veículo”. Só há resposta quando se muda a posição da chave, aproximando-a do botão de partida, por exemplo.

Continua após a publicidade

Em viagem para acompanhar a Exponi, Paulo ainda elogiou a dirigibilidade do Jeep Compass:

Longa Compass T270
Carro alerta sobre a ausência da chave (Paulo Campo Grande/Quatro Rodas)

“Antes de chegar a Curitiba tem um longo trecho de serra, cheio de radares, mas gostoso de dirigir. Comecei a me empolgar quando fui percebendo que o carro me obedecia e estava bem assentado, apesar do centro de gravidade alto.  A carroceria não oscila nas curvas e a direção é bastante comunicativa. Depois, mais devagar, reparei que o Compass tem um quê de carro americano, quando passa por buracos, que é um jeito macio de absorver os impactos. Imagino que os engenheiros da Jeep conseguiram isso com menos carga nas molas e mais carga nas barras estabilizadoras”.

Jeep Compass – 27.057 km

Ficha técnica:
Versão: Longitude 80 anos 1.3 Turbo
Motor: 4 cil., diant., transversal, 1.332 cm3, 16V, turbo, injeção direta, 185/180 cv a 5.750 rpm, 27,5 kgfm
a 1.750 rpm
Câmbio: automático, 6 marchas, tração dianteira
Seguro: R$ 1.740 (Perfil Quatro Rodas)
Revisões: Até 96.000 km – R$ 5.819
Gasto no mês: Combustível: R$ 1.838
Consumo: No mês: 9,4 km/l com 53,7% de rodagem na cidade
Desde agosto/21: 9,6 km/l com 33,4% de rodagem na cidade
Combustível: Flex (gasolina)

 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Os automóveis estão mudando.
O tempo todo.

Acompanhe por QUATRO RODAS.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Quatro Rodas impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.