Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Longa Duração: Fiat Strada começa a consumir óleo, que muda de fornecedor

Encontramos o nível do óleo na metade, no meio do intervalo de revisão. Não está fora do previsto pela fabricante, mas descobrimos que a marca do óleo mudou

Por Henrique Rodriguez Atualizado em 21 jul 2021, 22h00 - Publicado em 22 jul 2021, 05h00
Longa Strada
Nível do óleo baixou à metade em 5.000 km Fernando Pires/Quatro Rodas

Sempre atento às condições dos carros que passam pelas suas mãos, o piloto de testes Leonardo Barboza reparou que o nível do óleo da nossa Strada 1.3 baixou bastante desde a revisão dos 10.000 km.

Clique aqui e assine Quatro Rodas por apenas R$ 8,90.

“O nível do óleo estava no máximo do marcador da vareta após a revisão e baixou para a metade”, conta. O cárter do motor 1.3 Firefly leva 3,19 litros de óleo, passando a 3,36 litros se considerarmos o volume do filtro de óleo. Uma particularidade desse motor é que a vareta de verificação está acoplada à tampa do cabeçote onde o óleo é colocado.

Como o manual do carro considera normal um consumo de até 400 ml de óleo a cada 1.000 km (ou o consumo de todo o óleo em um intervalo menor que o das revisões), Leonardo optou por comprar 1 litro do óleo sintético SN 0W20 usado pelo motor para deixar no carro, caso seja necessário completar o reservatório.

Strada Longa
Strada fez jus ao nome: 85% do uso foi em estrada Fábio Black/Quatro Rodas

O litro custou R$ 34,50 no balcão da concessionária Maggi de Itu (SP). A surpresa é que agora o óleo é da Mopar, marca de acessórios e peças de reposição de Fiat, Jeep e Ram. Chamado Mopar Maxpro, ele é fabricado pela Shell e também cumpre a norma Fiat 9.55535-GSX.

Continua após a publicidade

Ele substitui o Selènia K Forward, da Petronas, que é o óleo que consta no manual do nosso carro. O fim da antiquíssima parceria com a Petronas – na verdade a Selénia pertenceu à Fiat por décadas – se estende para todos os fluidos dos Fiat, do óleo do câmbio ao fluido do freio, que foram substituídos por equivalentes da Mopar.

Essa é outra mudança feita na troca da linha 2020/2021 para a 2021/2021, assim como o intervalo maior de troca do filtro de ar do motor relatado na revisão dos 10.000 km.

Por muito pouco, a picape não ficou sem a capa do espelho esquerdo, que encontramos tão solto que poderia ter ficado pela rua. Pode ter sido efeito de algum esbarrão que, pelo menos, não deixou marca. Foi só empurrar a capa de volta para o lugar.

Nova Fiat Strada – 15.204 km

Ficha técnica:
Versão: Volcano 1.3 8V Cabine Dupla 2020/2021
Motor: 4 cilindros em linha, dianteiro, transversal, 1332 cm3, 8V, aspirado, 109/101 cv a 6.250 rpm, 14,2/13,2 kgfm a 3.500 rpm
Câmbio: manual, 5 marchas, tração dianteira
Seguro: R$ 2.700 (Perfil Quatro Rodas)
Revisões:
Até 60.000 km – R$ 3.536
Gastos no mês: Combustível: R$ 2.200

Óleo: R$ 34,50

Consumo: No mês: 12,4 km/l com 14,2% de rodagem na cidade

Desde fev/21: 11,8 km/l com 26,6% de rodagem na cidade

Combustível: flex (gasolina)

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital

Edição de julho
A edição 747 de QUATRO RODAS já está nas bancas! Quatro Rodas/Quatro Rodas
Continua após a publicidade
Publicidade