Clique e assine por apenas 8,90/mês

Longa Duração: compramos um Toyota Prius – rumo aos 60.000 km

É a primeira vez que temos um híbrido em nossa frota de Longa Duração. Esse japonês marca uma nova fase em nossos testes exclusivos

Por Péricles Malheiros - 16 fev 2018, 15h17
Toyota Prius
Toyota Prius: estreia da tecnologia híbrida no Longa Duração Christian Castanho/Quatro Rodas

Antes de chegarmos ao carro preto destas fotos, fechamos a compra de um Toyota Prius na cor prata na autorizada Caltabiano Pacaembu, em São Paulo.

Mas, por uma incompatibilidade de prazos, o negócio foi desfeito. Acontece. Dura foi a batalha para ter o valor do sinal restituído.

“O vendedor, tão atencioso e cordial nas primeiras conversas, chegou a dizer que não estava ganhando nada para cuidar da devolução do nosso dinheiro, que só foi ocorrer quase duas semanas após o cancelamento da compra”, diz o editor Péricles Malheiros, responsável pelo Longa Duração.

Toyota Prius
Lanternas e faróis de led – modernas e mais econômicas que as lâmpadas convencionais Christian Castanho/Quatro Rodas

Pelo mesmo valor que a Caltabiano havia feito, R$ 120.000, encontramos o nosso Prius na Grand Motors, mas na cor preta. “Às vésperas da retirada, passei na concessionária e o carro estava exposto no showroom, com as portas destravadas e uma placa com preço de venda”, conta Péricles.

Toyota Prius
Carregador de celular por indução (sem fio) no console Christian Castanho/Quatro Rodas

Coincidência ou simples resultado da ousadia de deixar exposto um bem que já não pertencia mais à concessionária, no dia em que fomos pegar nosso Prius, o capô tinha alguns riscos superficiais.

Toyota Prius
Cobertura do assoalho facilita o acesso ao estepe. Nas laterais, nichos para a acomodação de pequenos objetos Christian Castanho/Quatro Rodas

A apresentação técnica do produto foi feita a contento, mas, como de costume na maioria das marcas, os pneus estavam com calibragem de montagem, em torno de 46 libras – o correto são 32 libras.

Continua após a publicidade
Toyota Prius
Nas laterais da área para bagagem, ganchos para afixação de carga Christian Castanho/Quatro Rodas

Sem opcionais, a compra foi bastante simplificada. Mas nem tudo são elogios: o Prius vendido no Brasil não oferece itens como piloto automático adaptativo, assistente de manutenção de faixa e alerta de colisão.

Toyota Prius
Banco do motorista tem ajuste elétrico da região lombar… Christian Castanho/Quatro Rodas
Toyota Prius
… que pode ser regulado por meio deste botão Christian Castanho/Quatro Rodas

A Toyota diz que os itens não estão habilitados no Brasil por duas questões principais: reduzida infraestrutura local (sensores e câmeras dependem de sinalização horizontal e vertical) e falta de testes no território nacional.

Toyota Prius
Assento traseiro oferece cintos de três pontos e encosto de cabeça retrátil para os três ocupantes Christian Castanho/Quatro Rodas
Toyota Prius
Grade para arrefecimento das baterias sob os assentos traseiros. No meio, túnel central é rebaixado Christian Castanho/Quatro Rodas

Em virada de linha, o Prius chega ao modelo 2018 sem nenhuma novidade em relação ao 2017. Essa realidade acabou gerando um desconto do nosso Prius 2017/2017 com pintura metálica: pagamos R$ 120.000, em vez dos R$ 128.050 do 2017/2018.

As primeiras impressões foram positivas. “O computador de bordo oferece opções interessantes, quase todas ligadas ao consumo de gasolina e da energia das baterias. O sistema de som, com alto-falantes JBL, é de alta qualidade”, elogia Péricles.

Toyota Prius
Painel segue os traços futurísticos da carroceria. Destaque é a ergonomia e o painel digital ao centro Christian Castanho/Quatro Rodas
Toyota Prius
Informação digital do fluxo de energia no painel. Sistema multimídia tem a grife JBL, com tela touch Christian Castanho/Quatro Rodas

Se você ainda tem suas dúvidas sobre carros híbridos, vem com a gente: juntos, teremos 60.000 km para encontrarmos as respostas.

Toyota Prius
Porta-malas com vidro bipartido abre por inteiro Christian Castanho/Quatro Rodas

Toyota Prius – 0 km

Versão 1.8 16V Híbrido
Motor 4 cilindros, dianteiro, transv., 1.798 cm3, 16V, 98 cv a 5.200 rpm, 14,5 mkgf a 3.600 rpm/ elétrico, 72 cv, 16,6 mkgf/ potência combinada 123 cv
Câmbio automático, CVT
Combustível gasolina, elétrico

 

Continua após a publicidade
Publicidade