Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Com visual próprio, Caoa Chery Arrizo 6 Pro estreia por R$ 134.990

Mais equipado e com design exclusivo por dentro e por fora, Caoa Chery Arrizo 6 Pro é versão topo com jeito de modelo independente dos Arrizo 6 e Arrizo 5

Por Henrique Rodriguez Atualizado em 3 out 2021, 09h45 - Publicado em 1 out 2021, 10h30
RODAS caoa chery arrizo 6 pro 2022
Fernando Pires/Quatro Rodas

As previsões para o segmento de sedãs médios não são as mais animadoras. O segmento corre o risco de definhar em um curto espaço de tempo, como aconteceu com os hatches médios (o Chevrolet Cruze Sport6 é o único que ainda resta). Mesmo assim a Caoa Chery insiste nele e está lançando o Arrizo 6 Pro.

Clique aqui e assine Quatro Rodas por apenas R$ 8,90

O novo modelo é tratado como uma versão mais completa. E cobra bem por isso: são R$ 134.990 no lançamento (depois passará a custar R$ 139.990) contra R$ 117.990 do Arrizo 6 e R$ 90.490 do Arrizo 5. É como a Apple vender iPhone, iPhone Pro e iPhone Pro Max, com a diferença que os sedãs da Caoa Chery têm praticamente as mesmas dimensões e a mecânica é igual.

Por enquanto o Arrizo 6 Pro custa só R$ 2.000 a mais que um Toyota Corolla GLi (R4 132.800), o mais básico. Ou R$ 90 a mais que um Honda Civic EXL (R$ 134.900), que só não é mais completo que o Civic Touring.

Confira o vídeo do Caoa Chery Arrizo 6 Pro:

A Caoa Chery vem lançando um sedã médio por ano. O primeiro foi o Arrizo 5, na virada de 2018 para 2019. Em meados de 2020 foi a vez do Arrizo 6 e agora a novidade é o Arrizo 6 Pro.

TRASEIRA caoa chery arrizo 6 pro 2022
Traseira exibe novas lanternas de leds interligadas por uma barra preta Fernando Pires/Quatro Rodas

A denominação Pro não é nova, estreou com a versão mais completa do Tiggo 3X, e terá novos adeptos futuramente, com variações dos Tiggo 5X, 7 e 8. O sobrenome garante ao sedã médio frente, traseira e até painel bem diferentes. Se o Arrizo 6 não tivesse sido lançado há tão pouco tempo, o Pro poderia ser considerado uma reestilização. Mas ambos conviverão: o objetivo da marca é vender 200 unidades do Arrizo 6 Pro e 300 do Arrizo 6 por mês.

Qual é o futuro dos sedãs médios?

O VW Jetta perdeu as versões 1.4 TSI e agora só chega ao Brasil na versão esportiva GLI com motor 2.0 TSI. O Honda Civic terá a produção nacional encerrada nos próximos meses e a nova geração chegará importada e apenas na versão mais cara. O Chevrolet Cruze está no fim da vida, só é produzido na Argentina e não terá nova geração. O segmento será resumido ao sempre lider Toyota Corolla, ao Kia Cerato e os tantos sedãs médios que a Caoa Chery lançar.

caoa chery arrizo 6 pro 2022
Grade já tem nicho preparado para o radar do piloto automático adaptativo Fernando Pires/Quatro Rodas

A grade maior, tão grande que passa a acolher o suporte da placa, e o novo para-choque conseguem mudar a personalidade do carro. Os faróis parecem ser os mesmos, mas estes têm tecnologia full-led e isso é um dos grandes destaques do modelo. Na lateral, as rodas continuam com 17 polegadas mas têm desenho exclusivo.

LANTERNA DE LED caoa chery arrizo 6 pro 2022
Lanternas agora são de leds Fernando Pires/Quatro Rodas

A traseira, por sua vez, também tem alterações extensas, porque o nicho da placa subiu do para-choque para a tampa do porta-malas, o que alterou as peças radicalmente. Completaram com novas lanternas, escurecidas e interligadas por uma barra preta. Como as luzes passam a ser todas de leds, conseguiram colocar elementos mais horizontais no conjunto. Mas a metade mais externa das lanternas têm o mesmo formato desde o Arrizo 5.

PAINEL caoa chery arrizo 6 pro 2022
Painel teve parte central e console modificado Fernando Pires/Quatro Rodas
VISOR ANALÓGICO caoa chery arrizo 6 pro 2022
Fernando Pires/Quatro Rodas

O banho de loja também se estende ao painel, com faixa central de plástico preto brilhante e material de toque macio logo abaixo. O plástico brilhante serve de moldura para a nova central multimídia com tela maior, de 10,25 polegadas e com integração com Android Auto e Apple Carplay por fio. Ao mudar o tema da central, muda-se também o estilo do novo quadro de instrumentos digital que, de acordo com a Caoa Chery, também tem 10,25 polegadas, mas que aparenta ser menor por conta do tamanho da moldura.

QUADRO DIGITAL caoa chery arrizo 6 pro 2022
Fernando Pires/Quatro Rodas

Há duas opções de visualização: uma clássica, que reproduz os mesmos mostradores analógicos do Arrizo 6, e outra que exibe a velocidade e as rotações do motor apenas por números.

O novo console central é mais alto e corrige a falta de nichos à mão eliminando a grande área de comandos táteis para o ar-condicionado e concentrando todos eles em área própria logo abaixo da central – que também pode operar as mesmas funções. Por sinal, ainda não foi dessa vez que o ar-condicionado se tornou automático.

Continua após a publicidade
COMANDO DO AR caoa chery arrizo 6 pro 2022
Comandos do ar-condicionado estão menores e concentrados abaixo da tela Fernando Pires/Quatro Rodas

O banco do motorista ainda ganhou regulagem elétrica, mas todos os assentos têm acabamento diferente, com costuras verticais. A sensação é de que essa mudança na padronagem os tornou mais anatômicos.
O sistema de câmeras 360° de alta resolução é novidade e pode, caso o motorista queira, exibir a visão periférica do carro ao armar a seta para qualquer lado.

VISÃO 360 caoa chery arrizo 6 pro 2022
Arrizo 6 Pro tem câmeras de visão 360° Fernando Pires/Quatro Rodas

Mas isso impedirá, por exemplo, de continuar com a visão do navegador para conferir se está tomando o caminho certo, ou mudar a música ou a estação do rádio (o volume, sim, é possível mudar). O Arrizo 6 Pro também se difere por ter monitor de pontos cegos com exibição tanto nos retrovisores quanto no quadro de instrumentos, com direito a alerta sonoro.

BANCO ELÉTRICO caoa chery arrizo 6 pro 2022
Banco do motorista ganhou ajuste elétrico Fernando Pires/Quatro Rodas

Se você reparou no nicho para o radar necessário para o piloto automático adaptativo e a frenagem autônoma de emergência na tomada de ar inferior, na frente do carro, saiba que ele ainda não é útil. A Caoa Chery até quer oferecer estes sistemas no Brasil, mas ainda está trabalhando na configuração e homologação deles por aqui. Ficaram para depois, assim como o sensor de chuva, o retrovisor interno fotocrômico e o ajuste de profundidade da direção, equipamentos que são regra entre os sedãs médios – especialmente quando falamos de uma versão topo de linha.

ESPAÇO TRASEIRO caoa chery arrizo 6 pro 2022
Novo padrão de costuras dos bancos deixou eles mais anatômicos Fernando Pires/Quatro Rodas

Como não houve qualquer alteração nas dimensões internas, o espaço traseiro continua como um dos pontos fracos no segmento. O espaço para as pernas no banco traseiro é limitado pelos 2,65 m de entre-eixos (5 cm a menos que os rivais) e o caimento do teto combinado ao assento alto condena adultos com mais de 1,75 m de altura a raspar a cabeça.

SAIDA DE AR TRASEIRA caoa chery arrizo 6 pro 2022
Arrizo 6 Pro ainda tem saídas de ar-condicionado e porta USB para a traseira Fernando Pires/Quatro Rodas

Contudo, a cabine é larga, garantindo conforto para os ombros e ainda tem a mordomia de saídas de ar-condicionado independentes e uma porta USB. O porta-malas continua com bons 570 litros.

O motor 1.6 turbo com injeção direta de 187 cv, usado no Tiggo 8, seria bem vindo, mas o motor escalado é mesmo dos irmãos, o 1.5 turbo com injeção indireta que entrega 150 cv e 21,4 kgfm. O que fizeram foi nova programação do câmbio CVT com simulação de nove marchas. Não é sem graça como pode parecer, nem obriga o motor a trabalhar em altas rotações.

Galeria de fotos – Caoa Chery Arrizo 6 Pro

O desempenho está pior que antes: 10,1 s no 0 a 100 km/h, quando o Arrizo 6 cravou 9,2 s em nosso teste. Mas o consumo urbano teve melhora substancial de 9,1 km/l para 11,5 km/l. No ciclo rodoviário, registrou 12,8 km/l contra 13,1 km/l da versão com mais tempo de mercado.

MOTOR 1.5 caoa chery arrizo 6 pro 2022
Motor 1.5 Turbo é combinado ao câmbio CVT com simulação de 9 marchas Fernando Pires/Quatro Rodas

Rodando, as sensações do Arrizo 6 Pro não são diferentes. A suspensão tem acerto voltado para o conforto e até consegue lidar bem com as imperfeições do asfalto. Só mesmo em estrada é que ruídos de vento, especialmente dos retrovisores, vencem o bom isolamento acústico, coisa que o motor raramente consegue fazer.

O Arrizo 6 Pro muda mais aos olhos do que aos outros sentidos, mas ainda tem espaço para melhorias. Quem sabe não estão preparando elas para o novo modelo do ano que vem?

Veredicto Quatro Rodas – O Arrizo 6 Pro entrega algo mais dentro de casa, mas ainda deve itens importantes. Em compensação, é pouco mais caro que um Corolla básico (R$ 132.890).

Teste de desempenho – Caoa Chery Arrizo 6 Pro

  • Aceleração:
    0 a 100 km/h: 10,1 s
    0 a 1.000 m: 31,2 s – 172,1 km/h
  • Velocidade Máxima:
    190 km/h*
  • Retomada:
    D 40 a 80 km/h: 4,1 s
    D 60 a 100 km/h: 4,9 s
    D 80 a 120 km/h: 6 s
  • Frenagens:
    60/80/120 km/h – 14,8/26,7/61,7 m
  • Ruído Interno
    Neutro/rpm máx.: 41,8/66,9 dBA
    80/120 km/h: 68,2/73,7 dBA
  • Consumo:
    Urbano: 11,5 km/l
    Rodoviário: 12,8 km/l
  • Aferição
    Velocidade real a 100 km/h: 98 km/h
    Rotação do motor a 100 km/h: 1.700 rpm
    Volante: 2,5 voltas
  • Seu bolso
    Preço básico: R$ 134.990
    Garantia: 5 anos
  • Condições de teste:alt. 660 m; temp., 21 °C; umid. relat., 56; press., 1.012 kPa

Ficha técnica – Caoa Chery Arrizo 6 Pro

  • Motor: flex, diant., transv., 4 cil., 16V, comando de válvulas variável na admissão e no escape, injeção indireta, 1499 cm³, 150/147 cv a 5.500 rpm, 21,4 kgfm a 4.000 rpm
  • Câmbio: CVT, simulação de 9 marchas, tração dianteira
  • Direção: elétrica, 11,3 m (diâmetro de giro)
  • Suspensão: McPherson (diant.), eixo de torção (tras.)
  • Freios: disco ventilado (diant.) e disco sólido (tras.)
  • Pneus: 205/50 R17
  • Peso: 1.370 kg
  • Dimensões: comprimento, 467,5 cm; largura, 181,4 cm; altura, 149,3 cm; entre-eixos, 265 cm; porta-malas, 570 l; tanque de combustível, 48 litros

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital

Capa 749

Continua após a publicidade
Publicidade