Clique e assine por apenas 8,90/mês

Audi A3: derrapada no óleo

Alerta de baixo nível de óleo do motor acende no painel. Na rede, descobrimos que o lubrificante recomendado não é fornecido pela Audi

Por Péricles Malheiros - Atualizado em 23 nov 2016, 21h15 - Publicado em 23 jun 2016, 13h30
Longa Duração - Audi A3
Rede autoriza óleo diferente do recomendado

O aviso de baixo nível de lubrificante do motor acendeu no painel do A3 durante uma viagem entre Brasília (DF) e São Paulo. “Parei e consultei o manual. Ainda que a luz amarela significasse uma recomendação de reposição do lubrificante (diferente da vermelha, que pediria a parada imediata do motor), optei por completar o nível do óleo, afinal tinha 800 km de estrada pela frente”, diz o editor Péricles Malheiros. Ele conta ainda que parou em seis postos e um autocenter atrás do óleo recomendado no manual, com especificação VW 508 88. Sem sucesso, o editor retornou para Brasília, onde ficava a concessionária mais próxima.

No balcão de peças da Audi Center Brasília, Péricles explicou a situação ao atendente, que retornou com um litro de Pentosin HC. Ao ser indagado sobre o não atendimento à norma VW 508 88, ele buscou o auxílio de dois técnicos. Um deles explicou: “A Audi mandou um boletim informando que o motor flex deve receber um óleo diferente do antigo, a gasolina. Mas a fábrica nunca enviou um litro sequer de VW 508 88. Inclusive, nos A3 flex que já passaram por revisão aqui, sempre colocamos este Pentosin. Pode usar tranquilamente”.

Com o nível de óleo regularizado – o litro do Pentosin saiu por R$ 50 e foi quase inteiro —, Péricles retornou para São Paulo, onde fez uma consulta a cinco concessionárias e todas confirmaram a história ouvida na Audi Center Brasília: nada do óleo VW 508 88. Na internet, a realidade é outra: o litro do Castrol Magnatec Professional com homologação VW 508 88 (exatamente o recomendado pela Audi) é facilmente encontrado, por cerca de R$ 35.

Consultamos, então, a própria Audi, que confirmou a informação do manual do proprietário e explicou que, emergencialmente, não havia problema quanto a utilização do óleo indicado pela autorizada de Brasília. Mas reconheceu que o melhor mesmo seria o uso do lubrificante correto. A marca ressaltou ainda que irá reforçar a distribuição do óleo correto para as concessionárias.

Audi A3 Sedan – 9.875 km
CONSUMO
No mês: 8,2 km/l com 28,58% de rodagem na cidade
Desde fevereiro 2016: 8,2 km/l com 30,7% de rodagem na cidade
Combustível: etanol
GASTOS NO MÊS
Combustível: R$ 1.787
Óleo: R$ 50
FICHA TÉCNICA
Versão: Ambiente 1.4 Turbo Flex
Motor: 4 cilindros, dianteiro, transversal, 1.395 cm3, 16v, flex, 150 cv a 4.500 rpm, 25,5 mkgf a 1.500 rpm
Câmbio: automático, sequencial, 6 marchas
Publicidade