Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Exclusivo: Honda Civic híbrido já está no Brasil para testes e homologação

Aparentemente esquecido, Brasil "dá chapéu" e já recebeu unidades do inédito Civic e:HEV 2022 para homologação no país

Por Eduardo Passos Atualizado em 9 nov 2021, 14h26 - Publicado em 9 nov 2021, 10h09

Fãs brasileiros do Honda Civic se viam carentes de novidades à medida em que o sedã médio ganhava novas versões no exterior e, por aqui, seguia o caminho oposto. Mas a espera valerá a pena e nosso país já recebeu duas unidades do novo Honda Civic e:HEV — modelo híbrido inédito no mundo todo.

Black Friday! Assine Quatro Rodas por apenas R$ 6,90

Os carros vieram da Tailândia, onde a Honda mantém centro de desenvolvimento de outros produtos que cruzarão o mundo em breve, como o City Hatchback. As informações exclusivas de QUATRO RODAS dão conta de que o Civic híbrido ainda terá motor 2.0, contrariando apostas globais de que, junto ao motor elétrico, estaria o 1.5 turbo do Civic a combustão.

Pequena locomotiva

Segundo apuração de QUATRO RODAS, haverá mais de uma versão híbrida. Rodas do Civic Si, inclusive, alimentam especulações de uma variante esportiva
Segundo apuração de QUATRO RODAS, haverá mais de uma versão híbrida. Rodas do Civic Si, inclusive, alimentam especulações de uma variante esportiva @Rain_STI/Twitter

O Civic híbrido será o segundo de três lançamentos híbridos da Honda no Brasil até 2023. Tal como seu irmão mais velho Accord, o sedã médio usará o inovador powertrain e:HEV, propagandeado com orgulho pela japonesa.

Nesse sistema, semelhante ao funcionamento de uma locomotiva diesel-elétrica, há um motor elétrico e outro, a gasolina, que pode funcionar tanto para mover o carro quanto para recarregar as baterias. A escolha, porém, não é feita pelo motorista, mas por computadores embarcados.

Sedã de luxo chega ao Brasil com inédito sistema híbrido e:HEV da Honda
Honda Accord estreou sistema e:HEV no Brasil Divulgação/Honda
Continua após a publicidade

Desse modo, o Civic híbrido usará o melhor da energia elétrica — torque instantâneo — em deslocamentos urbanos, feitos com mais conforto, silêncio e economia. Basta acelerar na estrada, porém, que o 2.0 assumirá o comando. Com cada motor funcionando quando é mais eficiente, tem-se um consumo que, no Civic, poderia chegar aos 30 km/l.

Como os dois motores nunca impulsionam o carro juntos, não faria sentido calcular a potência combinada do conjunto, que contará com o mesmo e-CVT do Accord para o acoplamento do quatro-cilindros. Esse motor deverá ser o mesmo do sedã grande, ao menos na versão de topo da linha híbrida, com 145 cv e 17,8 kgfm.

Ainda que esse número assuste, vale lembrar que a lógica do sistema e:HEV causa surpresas. Com o motor elétrico de estimados 130 cv e 25,8 kgfm entrando em jogo, o Civic híbrido passou a ser cogitado para compor a gama esportiva do icônico sedã. 

Esquema mostra funcionamento da dupla de motores e do gerador elétrico
Esquema mostra funcionamento da dupla de motores e do gerador elétrico Divulgação/Honda

Não à toa, diz a imprensa japonesa, flagras de modelos idênticos aos chegados no Brasil traziam detalhes estreados pelo Civic Si, como rodas exclusivas de aro 18.

Em meio a uma longa série de novidades, a Honda deverá apresentar o Civic híbrido no primeiro trimestre de 2022. Também no ano que vem, o modelo deverá chegar ao Brasil em versões híbridas e convencionais, estas sempre com motor 1.5 turbo de 182 cv.

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital

A edição 750 de QUATRO RODAS já está nas bancas!
A edição 750 de QUATRO RODAS já está nas bancas! Arte/Quatro Rodas
Continua após a publicidade

Publicidade