Clique e assine por apenas 8,90/mês

Volvo inicia pré-venda do novo XC60 a partir de R$ 235.950

Sempre com tração integral, o modelo pode ser equipado com um sistema de condução semi-autônoma a até 130 km/h

Por Guilherme Fontana - Atualizado em 2 jun 2017, 13h15 - Publicado em 2 jun 2017, 13h07
Os faróis seguem o estilo “Martelo de Thor” divulgação/Volvo

A Volvo iniciou a pré-venda da segunda geração do XC60 no Brasil, que chega no segundo semestre em três configurações diferentes com preços que vão de R$ 235.950 a R$ 266.950.

Apresentado ao mundo há cerca de três meses, o modelo quer mais espaço entre os rivais Audi Q5, BMW X3, Mercedes-Benz GLC e Range Rover Evoque – prometendo ser um dos carros mais modernos da indústria mundial.

Nova geração do XC60 foi revelada em março de 2017
Nova geração do XC60 foi revelada em março de 2017 divulgação/Volvo

Para a versão de entrada, Momentum (R$ 235.950), a lista de equipamentos de série inclui monitoramento de pressão dos pneus, alertas de mudança involuntária de faixa e de colisão frontal com frenagem automática, controles de estabilidade e tração, além dos sistemas de proteção em saída de estrada e contra impactos laterais e de lesões na coluna cervical e da central multimídia com integração com as plataformas Apple CarPlay e Android Auto.

Interior usa materiais de boa qualidade e aparência refinada Divulgação/Divulgação

A intermediária, Inscription (R$ 256.950), e a topo de linha, R-Design (R$ 266.950), acrescentam alerta de colisão traseira, alerta de pontos cegos, piloto automático adaptativo com condução semi-autônoma a até 130 km/h e abertura e fechamento elétricos do porta-malas ao passar o pé debaixo do para-choque. Na R-Design, o diferencial fica para o estilo mais esportivo, com rodas e adereços estéticos exclusivos.

Continua após a publicidade
Formato dos faróis se repete na metade inferior das laterais
Versão R-Design tem rodas e para-choques mais esportivos divulgação/Volvo

O conjunto mecânico, no entanto, será o mesmo para todas as versões do XC60: um motor T5 Drive-E 2.0 turbo de quatro cilindros com 258 cv (contra 245 cv do anterior) e 35,7 mkgf de torque, sempre com câmbio automático de oito marchas e tração integral AWD – na geração anterior, apenas a T6 topo de linha tinha tração 4×4. Quatro modos diferentes de condução estão disponíveis: Off-Road, Dynamic, Confort e Eco.

Lanternas em forma de L caracterizam a traseira
Lanternas em forma de L caracterizam a traseira divulgação/Volvo

Além da tecnologia e da mecânica, o design é outro ponto destacado pela Volvo no XC60. As linhas, inspiradas no XC90 e na perua V90, dão destaque aos faróis full led com visual batizado de “Martelo de Thor”, que inspiram outros vincos espalhados pelo SUV.

Apesar da notável evolução mecânica, visual e tecnológica sobre a geração anterior, os preços subiram bastante por aqui. Enquanto o antigo XC60 tinha preços entre R$ 186.950 e R$ 239.950 (incluindo uma versão a diesel por R$ 219.950), o novo vai de R$ 235.950 a R$ 266.950.

É caro, mas está na média dos concorrentes: o Range Rover Evoque mais simples custa R$ 228.500, o BMW X3 parte de R$ 230.950 e o Mercedes-Benz GLC já começa em altos R$ 262.900, todos com configuração mecânica parecida, mas sem tanta tecnologia.

Publicidade