Volkswagen Tiguan R-Line terá motor de Golf GTI no Brasil

Tiguan virá ao Brasil mais potente que a versão vendida nos Estados Unidos

Volkswagen Tiguan R-Line SUV será vendido apenas com sete lugares na versão mais cara

SUV será vendido apenas com sete lugares na versão mais cara (WhatsApp/Internet)

Desempenho sempre foi o ponto forte do Volkswagen Tiguan, principalmente nas versões 2.0. Essa característica ficará ainda mais forte na nova geração, que chega às lojas este mês: a versão mais cara, R-Line, será equipada com o mesmo motor 2.0 TSI de 220 cv do Golf GTI.

Pelo menos é o que indicam fotos do modelo que circulam em grupos do WhatsApp. A motorização é indicada pelo logotipo 350 TSI estampado na traseira. Segue exatamente a mesma nomenclatura estreada por Polo e Virtus: o 350 vem dos 350 NM (35,7 mkgf) de torque gerados pelo motor.

Volkswagen Tiguan R-Line Com nova nomenclatura, versão 2.0 de 220 cv se chama 350 TSI

Com nova nomenclatura, versão 2.0 de 220 cv se chama 350 TSI (WhatsApp/Internet)

Neste caso, em vez do câmbio DSG de seis marchas do hatch esportivo, o SUV provavelmente terá o DSG de sete relações, mas também banhado em óleo. A tração integral 4Motion está garantida. Esta mesma configuração é oferecida na China, onde o zero a 100 km/h anunciado é de 6,5 segundos.

Contudo, tal configuração não existe no México, onde o Tiguan é fabricado, nem nos Estados Unidos, onde o motor mais potente é um moderno 2.0 de 190 cv e 32,6 mkgf de torque. É o mesmo do Audi A4 vendido no Brasil, sempre com câmbio automático de oito marchas, configurado para se destacar pela eficiência, não pelo desempenho.

Volkswagen Tiguan R-Line Abertura elétrica do porta-malas é um dos equipamentos do Tiguan

Abertura elétrica do porta-malas é um dos equipamentos do Tiguan (WhatsApp/Internet)

As versões com motor 1.4 TSI de 150 cv e câmbio DSG de seis marchas, por sua vez, serão identificadas como 250 TSI – o motor gera 250 NM (25,5 mkgf) de torque.

Volkswagen Tiguan R-Line Versão terá câmbio de dupla embreagem e sete marchas

Versão terá câmbio de dupla embreagem e sete marchas (WhatsApp/Internet)

Volkswagen Tiguan R-Line Quadro de instrumentos digital está virando padrão nos VW mais caros

Quadro de instrumentos digital está virando padrão nos VW mais caros (WhatsApp/Internet)

O detalhe é que, pela primeira vez, o Tiguan terá opção sete lugares. A versão 250 TSI terá opção de cinco e sete lugares, mas o 350 TSI R-Line terá sempre sete lugares.

Volkswagen Tiguan R-Line Versão tem bancos esportivos revestidos de couro

Versão tem bancos esportivos revestidos de couro (WhatsApp/Internet)

As imagens antecipam alguns equipamentos da versão R-Line, como o quadro de instrumentos digital, central multimídia com tela de 8 polegadas, bancos em couro, teto solar panorâmico, faróis full-led e sensores de estacionamento dianteiros e traseiros. 

Ainda entra na conta abertura elétrica da tampa do porta-malas, ar-condicionado automático de três zonas e piloto automático adaptativo.

Volkswagen Tiguan R-Line Tiguan será importado do México em configuração praticamente exclusiva para o Brasil

Tiguan será importado do México em configuração praticamente exclusiva para o Brasil (WhatsApp/Internet)

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. foratemer globo

    editora abril racista!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!