Clique e assine com até 75% de desconto

Volkswagen T-Cross leva 5 estrelas no Latin NCAP; Toyota Yaris recebe 4

Compacto da Toyota teve estrutura classificada como instável em teste de impacto lateral

Por Henrique Rodriguez Atualizado em 28 mar 2019, 11h04 - Publicado em 28 mar 2019, 10h58
SUV compacto recebeu nota máxima nos testes Latin NCAP/Divulgação

O Latin NCAP divulgou hoje os resultados de sua segunda rodada de testes em 2019. Desta vez, dois carros brasileiros tiveram sua segurança avaliada pelo órgão: o Volkswagen T-Cross e o Toyota Yaris.

Os dois modelos foram submetidos a testes de colisão frontal e lateral, mas apenas o T-Cross foi submetido ao teste de impacto lateral contra poste. Ainda houve um teste específico para o controle de estabilidade, equipamento de série no Volkswagen e no Toyota.

Proteção ao peito do motorista foi classificada como adequada Latin NCAP/Divulgação

No caso do SUV compacto recebeu cinco estrelas para a proteção dos passageiros adultos e infantis. O Latin NCAP avaliou como boa a proteção para a cabeça e pescoço do motorista e do passageiro, assim como para os joelhos e pés. Já para o peito e canela direita do motorista a proteção foi boa. 

SUV ainda passou por teste de impacto contra poste Latin NCAP/Divulgação

A proteção ao tronco em colisão lateral foi boa, mas no impacto contra poste a proteção ao abdome e tórax foi avaliada como adequada. A estrutura do habitáculo foi considerada estável.

Toyota foi bem no impacto frontal Latin NCAP/Divulgação

O Toyota Yaris, por sua vez, conquistou quatro estrelas para adultos e crianças, tanto na versão hatch como no sedã.

Estrutura do Yaris foi classificada como instável no impacto lateral Latin NCAP/Divulgação

O compacto apresentou boa proteção para adultos no impacto lateral e proteção aceitável para boa no impacto frontal. Isso pesou a favor no resultado, pois a estrutura foi classificada como instável no teste de impacto lateral. 

  • Mesmo que tenha recebido nota máxima de segurança para o passageiro criança (instalado voltado para trás) no teste dinâmico, o Toyota recebeu quatro estrelas por não ter sinalização das ancoragens Isofix que atenda aos requisitos do Latin NCAP, nem interruptor para desconectar o airbag do passageiro.

    Continua após a publicidade
    Publicidade