Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Toyota Corolla 2022 fica mais caro e versão básica já supera os R$ 120.000

Sedã da Toyota se mantém o mesmo desde 2019, mas o preço vem mudando (e aumentando) conforme tendência de mercado

Por Eduardo Passos Atualizado em 19 fev 2021, 17h52 - Publicado em 1 fev 2021, 18h08
Toyota Corolla GLi testado em 2009 por QUATRO RODAS é essencialmente o mesmo à venda (mais caro)
Toyota Corolla GLi testado em 2009 por QUATRO RODAS é essencialmente o mesmo à venda (mais caro) Fernando Pires/Quatro Rodas

Dizem que no Brasil as coisas só começam a mudar quando se aproxima o mês de fevereiro. Essa lógica parece se aplicar parcialmente à Toyota, que anunciou a linha 2022 do Corolla mais cara mas sem nenhuma mudança mecânica ou estética.

Clique aqui e assine Quatro Rodas por apenas R$ 7,90

O sedã médio da japonesa, que antes partia dos R$ 114.590 e chegava até aos R$ 154.390, agora custa no mínimo R$ 120.790, com sua versão de topo beirando os R$ 160.000.

Versões com motor 2.0

Modelo de entrada do Corolla foi o que sofreu reajuste mais salgado
Modelo de entrada do Corolla foi o que sofreu reajuste mais salgado Fernando Pires/Quatro Rodas

O modelo de entrada Corolla GLi é essencialmente o mesmo há dois anos, trazendo motor 2.0 de 177 cv e câmbio CVT, assim como as outras versões não-híbridas. A mudança recente mais notável foi o suporte da central multimídia às interfaces Android Auto e Apple CarPlay.

  • Além disso, a própria tela perdeu a cobertura que a tornava parecida com uma TV de tubo. A alteração já era prevista no esportivado Corolla GR-S, que estreia em abril, e para o SUV médio Corolla Cross, previsto para março. 

    O que muda no Toyota Corolla 2022?

    Versões XEi e Altis Hybrid: Maçanetas internas passam a ter acabamento na cor prata

    Versão ALTIS 2.0L Premium: Tela TFT com aumento de tamanho de 4,2” para 7”, como disponível atualmente nas versões híbridas, e inclusão de sensores de estacionamento dianteiro e traseiro

    Versão Altis Premium Hybrid: inclusão de sensores de estacionamento dianteiro e traseiro

    Agora o GLi rompe a barreira simbólica dos R$ 120.000 e custa a partir de R$ 120.790; quase 6% de aumento. Logo acima, a versão XEi, que difere só no acabamento interno e no paddle shift ao volante, foi a que menos sofreu reajustes, custando R$ 129.190 (R$ 2.510 de aumento).

    Continua após a publicidade

    O intermediário Altis, que entrega mais sistemas de segurança como assistente pré-colisão, também foi meio-termo no aumento, e ganhou mais R$ 4.700 na etiqueta: R$ 151.090.

    Modelos híbridos

    Corolla híbrido teve boa demanda, mas agora está mais exclusivo
    Corolla híbrido teve boa demanda, mas agora está mais exclusivo Fernando Pires/Quatro Rodas

    O primeiro dos Corolla híbridos é o modelo Altis Hybrid, que também ganhou R$ 4.700 no custo e atingiu os R$ 151.090. Isso é costumeiro à Toyota, que costuma cobrar o mesmo preço nas duas versões Altis, sendo que a versão flex sempre têm assistências autônomas.

    A versão Altis Hybrid Premium, porém, que só traz melhor acabamento externo e interno, chegou aos R$ 158.990 — reajuste de R$ 4.600.

    Desse modo, será necessário desembolsar mais de R$ 150.000 reais para adquirir um Corolla híbrido 0km, tendo à disposição motor 1.8 (101 cv de potência e 14,5 kgfm de torque) combinado com o conjunto elétrico (72 cv e 16,6 kgfm).

    Motor a combustão tem até 101 cv de potência com etanol e é o mesmo há anos
    Motor a combustão tem até 101 cv de potência com etanol e é o mesmo há anos Fernando Pires/Quatro Rodas

    Neste ano também chegarão ao nosso mercado o Corolla GR-S, esportivado, e um SUV com mesma mecânica e plataforma do sedã, chamado Corolla Cross. Os preços da linha 2022 já dão ideia do que será cobrado, mas não se surpreenda se a conta vier mais cara.

    Corolla Cross chega entre março e abril com mesma mecânica do Corolla sedã
    Corolla Cross chega entre março e abril com mesma mecânica do Corolla sedã Divulgação/Toyota

    Preços cada vez mais altos

    O aumento nos preços dos carros é tendência geral no mercado brasileiro, que vem sofrendo com a desvalorização do real e com problemas de fornecimento de matéria-prima.

    Além disso, há grande procura por aço e petróleo em países como a China, que já reaquecem suas economias pós-pandemia e, além do consumo de 2021, lidam com demanda reprimida do ano de 2020.

    Resta saber se, com esse reajuste, a Toyota consegue recuperar patamares pré-covid-19: em 2019 a montado vendeu 56.172 unidades do modelo, contra 41.083 em 2020.

    Novos preços do Toyota Corolla:

    • Corolla GLi 2.0: R$ 120.790 (+R$ 6.200)
    • Corolla XEi 2.0: R$ R$ 129.100 (+R$ 2.510)
    • Corolla Altis 2.0: R$ 151.090 (+R$ 4.700)
    • Corolla Altis 1.8 Hybrid: R$ 151.090 (+R$ 4.700)
    • Corolla Altis 1.8 Hybrid Premium: R$ 158.990 (+R$ 4.600)

    Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

    Quatro Rodas capa 741
    arte/Quatro Rodas
    Continua após a publicidade
    Publicidade