Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Renault Kwid tem novo recall: berço do motor pode se romper

Chamado envolve 1.918 unidades do modelo; defeito pode provocar perda de dirigibilidade

Por Henrique Rodriguez Atualizado em 20 jan 2018, 12h07 - Publicado em 20 jan 2018, 11h42
Defeito está no berço do motor, onde estão presos componentes da suspensão Divulgação/Renault

A Renault está convocando para recall 1.918 unidades do Kwid. O motivo, de acordo com a fabricante, é a não conformidade da solda do berço do motor, que poderá se romper.

Elementos da suspensão dianteira são fixados no berço do motor. Caso ele se rompa, pode ocorrer perda da dirigibilidade com risco de acidente e de lesões aos ocupantes.

As unidades envolvidas têm chassis não sequenciais entre JJ003408 e JJ998344, e foram produzidas entre 9 e 16 de setembro de 2017.

Serviço é gratuito e pode durar até três horas e meia Divulgação/Renault
Continua após a publicidade

A Renault fará a verificação do componente e, se necessário, o substituirá. O serviço é gratuito e pode levar até três horas e meia.

O atendimento começa hoje 20/01 e deverá ser agendado junto às concessionárias. Em caso de dúvidas, o cliente poderá ligar para o Serviço de Atendimento ao Cliente (0800-0555615) ou acessar o site www.renault.com.br/servicos/recall.

Este é o segundo recall do Renault Kwid. O primeiro, convocado em novembro, afetou todas as 21.802 unidades do subcompacto produzidas até então e foi motivada por problemas nos freios. Destas, 16.798 unidades também deveriam ter o tubo de combustível trocado.

Os carros convocados agora também estão envolvidos nos primeiros chamados. 

Continua após a publicidade

Publicidade