Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Ranger Lightning? Ford apresenta plataforma elétrica para SUVs e picapes

Duas novas plataformas para veículos totalmente elétricos, novas baterias sólidas e investimento bilionário também foram confirmados pela empresa.

Por João Vitor Ferreira 26 Maio 2021, 22h06
silhueta picape nova plataforma da ford
Dentre as silhuetas de carrocerias apresentadas pela empresa, está a de uma picape mediana. Especula-se que seja de uma possível Ranger Lightning Divulgação/Ford

A Ford anunciou nesta quarta que vai investir pesado na produção de veículos elétricos. Além de duas novas plataformas para os EVs, a empresa vai aumentar o valor de investimento exclusivo para desenvolver novas tecnologias sustentáveis para $30 bilhões de dólares e começar a produzir suas novas baterias batizadas de IonsBoost.

“Esta é a nossa maior oportunidade de crescimento e criação de valor desde que Henry Ford começou a dimensionar o Modelo T e estamos agarrando-o com as duas mãos.”, diz Jim Farley, CEO da Ford.

Clique aqui e assine Quatro Rodas por apenas R$ 8,90

Todo o investimento é para uma aposta promissora da oval azul. A esperança da empresa é que até 2030, 40% de seu volume mundial seja de veículos totalmente elétricos. Dentre esses, temos o mais recente lançamento, a F-150 Lightning que segundo a empresa já acumula mais de 70.000 pedidos de reserva desde sua apresentação, há uma semana.

Os outros dois que completam a lista de elétricos da Ford são o Mustang Mach-E e a E-Transit, veículo comercial que será lançado no final deste ano.

Para aumentar a família de EVs, foram anunciadas duas novas plataformas, sendo uma delas para veículos médios com tração traseira ou 4×4, podendo ser utilizada em picapes médias, SUVs (médios e grandes) e comerciais. Essa plataforma poderia da origem a uma inédita Ranger elétrica.

Continua após a publicidade

Já a outra plataforma terá uma arquitetura mais robusta, dedicada a comerciais e picapes de grande porte.

Ford Explorer frente
Sem data de estreia, Explorer é confirmado como o primeiro modelo da nova plataforma para veículos elétricos médios da Ford Divulgação/Ford

Mas o único modelo que teve uma versão 100% elétrica confirmada foi o Explorer. O SUV vai estrear a nova plataforma para veículos médios, o que abre margem para especulações de outros modelos. Um dos mais cotados para se tornar um EV é o Lincoln Aviator, já que este compartilha a mesma arquitetura base da Explorer.

Com a divulgação das carrocerias, outro provável veículo que ganhe uma versão elétrica é o Bronco. Há cerca de duas semanas atrás, o mesmo Jim Farley postou em seu twitter uma mensagem que poderia sugerir que uma versão elétrica do SUV off-road esteja nos planos da Ford.

Para impulsionar os novos modelos, a Ford também está investindo na criação de novas tecnologias. Seguindo a lógica dos seus motores de combustão, como o EcoBoost, as próximas baterias da montadora serão chamadas de IonBoost. Desenvolvidas em parceria com a Solid Power (empresa que a Ford possui ações), as baterias serão de estado sólido e, segundo a Ford, terão baixo custo e longo alcance.

Todo o desenvolvimento das novas células será feito dentro do Ford Ion Park, um centro global de desenvolvimento de baterias, que ainda será construído. Segundo a empresa, serão mais de 150 especialistas em química de baterias, testes, fabricação e gerenciamento da cadeia de valor, que aumentará a vida útil das baterias e reduzirá custos para os clientes e para a Ford.

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital

Capa Quatro Rodas 745 maio 2021
Arte/Quatro Rodas

 

Continua após a publicidade

Publicidade