Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Pulse Abarth será mais rápido que Polo GTS e o mais potente da divisão

O modelo chegará no quarto trimestre com grandes títulos nas costas: ele será o primeiro SUV e o modelo mais potente da história da Abarth

Por Guilherme Fontana Atualizado em 29 jul 2022, 10h03 - Publicado em 29 jul 2022, 10h00

Mesmo com o lançamento previsto apenas para o último trimestre de 2022, a Fiat promoveu um primeiro encontro entre a imprensa brasileira e o aguardado Pulse Abarth. O cenário não poderia ser mais emblemático: o Autódromo José Carlos Pace, o aclamado Autódromo de Interlagos. Mas há algo a mais por trás disso.

Clique aqui e assine Quatro Rodas por apenas R$ 9,90

É que o Pulse Abarth fará sua primeira aparição pública em movimento neste final de semana, como carro madrinha da primeira temporada da Fórmula 4, que acontecerá no templo brasileiro do automobilismo nos dias 30 e 31 de julho, e 6 e 7 de agosto. Mais do que isso, a Abarth será patrocinadora oficial da categoria e deixará o modelo exposto ao público no local.

Fiat Pulse Abarth
Traseira do Pulse Abarth tem nome da divisão por extenso e saída dupla de escape Divulgação/Fiat

Em ambas as ocasiões, porém, tanto o público quanto a imprensa só poderão (ou puderam) ter um gostinho do que será o primeiro Abarth totalmente nacional (já que, além da produção, também foi concebido por aqui). No caso dos jornalistas, grupo em que QUATRO RODAS esteve presente, teve algo mais: uma volta rápida de carona, com um piloto da Fiat ao volante.

“É como um teaser que poderia ser um e-mail, mas que resolvemos fazer presencialmente”, disseram os representantes da Fiat durante a apresentação.

Fiat Pulse Abarth
Rodas são de 17 polegadas e não há detalhes cromados Divulgação/Fiat

Antes de contar sobre a tal volta rápida, alguns dos poucos números revelados pela marca. Finalmente o motor 1.3 turbo flex que já equipa Toro, Renegade, Compass e Commander foi confirmado para o Pulse Abarth. Assim como nos demais, ele terá até 185 cv e 27,5 kgfm com etanol, conquistando a marca do Abarth mais potente da história. Será automático de seis marchas.

Os números de desempenho serão dignos de um esportivo, segundo a Fiat, que anuncia uma aceleração de 0 a 100 km/h em “menos de 8 segundos” e uma velocidade máxima de “mais de 210 km/h”. “Não vamos entregar tudo agora”, disseram sobre os arredondamentos dos dados. O tempo será menor do que os 8,4 s do Polo GTS, que também é menos potente com seus 150 cv.

Fiat Pulse Abarth
Grade é maior e tem entradas extras em relação ao Pulse comum Divulgação/Fiat

Como é o Pulse Abarth

Visualmente, o modelo é um legítimo Abarth, com adereços, de certa forma, até exagerados (porém bonitos), como o friso no para-choque dianteiro, os retrovisores e as faixas laterais em vermelho, os grandes apliques plásticos nos para-lamas com fendas que simulam entradas de ar e o aplique traseiro que imita um difusor de ar.

Continua após a publicidade

Os logotipos da Fiat são substituídos pelo logo do escorpião na dianteira e pelo nome Abarth por extenso na traseira – neste ângulo, o nome Pulse tem a letra “e” em vermelho. Também há saída dupla de escape, logo Abarth os para-lamas e faróis full-LED (como os que virão no Fastback, com a faixa de LED superior intercalando com o indicador de direção).

Compartilhe essa matéria via:
Fiat Pulse Abarth
Fiat Pulse Abarth Divulgação/Fiat

Não há nada cromado no Abarth, nem mesmo a grade, que adota as bordas em preto brilhante. Na parte superior, que se estende acima dos faróis, há um envelopamento de textura de fibra de carbono. As rodas de 17 polegadas têm desenho raiado, esportivo, e são calçadas com pneus 215/50. As unidades apresentadas usavam pneus Dunlop SP Sport Maxx 050+.

A propósito: o interior do modelo segue sob sigilo e não foi revelado. Durante todo o contato, painel e o console central ficaram cobertos, deixando à mostra apenas o quadro de instrumentos digital (com um indicador para a pressão do turbo) e grafismos exclusivos, a alavanca do câmbio e o botão do freio de estacionamento eletrônico.

Como é andar (de carona) no Pulse Abarth

A primeira impressão positiva veio no ronco saído do escape duplo do modelo, um tom grave e encorpado, e surpreendentemente alto para um esportivo “barato” – os preços ainda são um mistério, mas certamente ficarão acima dos R$ 160.000. O ronco permanece interessante em marcha lenta, nas acelerações e, principalmente, nas reduções, com simulações de punta-tacco.

Em trocas durante acelerações mais agressivas, é possível ouvir até pequenos “pipocos” vindos da traseira do carro. Aqui, nada de som virtual como no “rival” Polo GTS.

Fiat Pulse Abarth
Tradicionais faixas laterais da Abarth não ficaram de fora no Pulse Divulgação/Fiat

De carona, a sensação é de acelerações rápidas e fortes, com boas saídas e retomadas. Apesar da tendência de sair de frente e da cantoria dos pneus, o Pulse Abarth contornou bem as curvas de Interlagos graças ao ajuste exclusivo da suspensão, que está evidentemente mais rígida. Há, porém, óbvias limitações de tempos de frenagem e acelerações nas curvas.

Não há como dizer sobre a velocidade das trocas de marcha no modo automático, já que, a todo tempo, os pilotos guiaram o modelo no modo manual pelas aletas atrás do volante.

Já uma curiosidade de muita gente foi tirada: sim, os freios traseiros do Pulse Abarth são a tambor. Na pista, mesmo após sucessivas voltas, ele não apresentou cansaço aparente, apesar do mau cheiro que exalava fora do carro.

 

 

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Continue lendo, sem pisar no freio. Assine a QR.

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.


a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)

Impressa + Digital

Plano completo de QUATRO RODAS. Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da QUATRO RODAS, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Comparativo entre os principais modelos do mercado.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.

Receba mensalmente a QUATRO RODAS impressa mais acesso imediato às edições digitais no App QUATRO RODAS, para celular e tablet.

a partir de R$ 12,90/mês