Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Fiat anunciará retorno da Abarth ao Brasil com Pulse de 185 cv

Fiat Pulse Abarth será lançando no segundo semestre como o primeiro Abarth concebido e produzido no Brasil

Por Henrique Rodriguez Atualizado em 13 mar 2022, 23h35 - Publicado em 9 mar 2022, 14h21

A Stellantis terá uma nova marca no Brasil e será a Abarth. A marca que surgiu como preparadora e foi comprada pela Fiat há mais de 50 anos, tornando-se sua preparadora. Agora, retornará após quase sete anos com seu primeiro esportivo concebido no Brasil, o Fiat Pulse Abarth.

Agora é oficial: Fiat Pulse Abarth de 185 cv é revelado e será prêmio do BBB 22

Na última semana, o COO da Stellantis na América do Sul, Antonio Filosa, antecipou a parte da imprensa que terão uma nova marca no Brasil, que começaria com a letra A, mas não seria a Alfa Romeo. A informação é do Autopapo

Não por acaso, a Stellantis já tem marcada para o final desta semana uma coletiva para fazer “um anúncio importante” para a Fiat. Não poderia ser mais oportuno, visto que o Pulse Abarth tem lançamento previsto para o segundo semestre, quando o SUV compacto completará um ano nas lojas.

Antecipado em primeira mão por QUATRO RODAS no final de setembro, o Fiat Pulse Abarth usará o motor 1.3 turboflex da família GSE que já equipa a Fiat Toro e os Jeep Compass e Renegade. 

Traseira do Pulse Abarth ainda poderá ganhar aerofólios inéditos, por exemplo (Reprodução Proibida)
Traseira do Pulse Abarth ainda poderá ganhar aerofólios inéditos, por exemplo Renato Aspromonte/Quatro Rodas

É um motor de 185 cv e 27,5 kgfm quando com etanol e que estará sempre combinado ao câmbio automático de seis marchas. Considerando que um Pulse Impetus 1.0 tem 1.237 kg, dá para esperar por um esportivo com relação peso/potência abaixo dos 7 kg/cv. Nada mal: o VW Polo GTS consegue 8,1 kg/cv. 

Dá para esperar por um preço próximo ao do Polo esportivo, que hoje custa R$ 140.430. 

Compartilhe essa matéria via:

Devido a limitações relativas à pressão do turbocompressor e à capacidade do câmbio automático de seis marchas, não espere por potência e torque extras no Pulse mais potente. Sua condução, entretanto, pouco terá a ver com os carros que compartilham desse motor. 

Continua após a publicidade

Fiat Toro Ranch 2022
Motor 1.3 GSE Turbo tem 185 cv e já equipa a Fiat Toro Divulgação/Fiat

O grande segredo do Pulse Abarth será a versatilidade do sistema MultiAir de comando de válvulas variável, que permite reconfigurar profundamente as respostas e até mesmo o ronco do motor só com programações eletrônicas. O mesmo vale para a direção elétrica, personalizável para oferecer respostas esportivas ao condutor.

Mais importante que isso, é que o Fiat Pulse Abarth será o primeiro carro a receber o brasão com escorpião fabricado e também concebido no Brasil. O Stilo Abarth, vendido entre 2002 e 2008, era fabricado no Brasil mas fora concebido na Itália. Já o Fiat 500 Abarth, vendido entre 2014 e 2015, tinha DNA italiano mas chegava importado do México.

interior fastback
Tanto o Pulse Abarth quanto o Fastback terão freio de estacionamento eletrônico em console exclusivo FCA Fan Brazil/Instagram

Também será o esportivo mais potente desde o Marea Turbo, com seu cinco-cilindros 2.0 turbo de 182 cv. Para destacar estes feitos, receberá modificações na suspensão, com amortecedores,  molas e barras estabilizadoras próprias, escape exclusivo e até conjunto de rodas exclusivos, que terão cinco furos.

Por dentro, não surpreenderia o uso de bancos esportivos, substituição do excesso de plástico duro que permeará as versões regulares. Ainda terá mais tecnologia, pois terá o mesmo console com freio de estacionamento eletrônico que equipará o SUV cupê Fastback.

Segundo Abarth nacional já está definido

Projeção do Fiat Fastback
Projeção do Fiat Fastback Renato Aspromonte/Quatro Rodas

Além do Pulse Abarth, a Fiat também prepara as versão esportiva para o Fiat Fastback – SUV cupê que chegará às lojas ainda em 2022. A ideia é aproveitar o apelo estético que a Stellantis vê como trunfo do novo carro.

Como no Pulse, o Fastback Abarth será o modelo mais caro da linha, neste caso logo acima do Fastback Imperius T270. Como o nome já sugere, ele usará o mesmo motor das versões mais caras do utilitário, o bem conhecido 1.3 turbo flex de 185 cv. Essa versão sem caráter esportivo está destinada a concorrer com o Volkswagen T-Cross Highline, com o motor 1.4 TSI de 150 cv.

Considerando o atual cenário, o Fiat Fastback enfrentaria um cruzamento de preços com o Jeep Renegade 1.3 Turbo, com versões entre os R$ 125.000 e R$ 160.000.

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

A edição 755 de QUATRO RODAS já está nas bancas!

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Continue lendo, sem pisar no freio. Assine a QR.

Impressa + Digital

Plano completo da QUATRO RODAS! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da QUATRO RODAS, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Comparativo entre os principais modelos do mercado.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.

Receba mensalmente a QUATRO RODAS impressa mais acesso imediato às edições digitais no App QUATRO RODAS, para celular e tablet.

a partir de R$ 14,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao Site da QUATRO RODAS, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Comparativo entre os principais modelos do mercado.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.

App QUATRO RODAS para celular e tablet, atualizado mensalmente.

a partir de R$ 9,90/mês