Clique e assine com até 75% de desconto

Prius chega à quarta geração mais eficiente – mas com design polêmico

Com visual repleto de fendas e ângulos, híbrido também promete ser 10% mais econômico

Por Rodrigo Furlan Atualizado em 9 nov 2016, 14h40 - Publicado em 9 set 2015, 13h59
fabricantes

A grande preocupação da Toyota com Prius sempre foi sua eficiência no consumo de combustível. Tal consciência permanece como foco na quarta geração do modelo, apresentada nesta quarta-feira (9). Por outro lado, o híbrido também passou por uma reestilização visual, absorvendo alguns dos conceitos de design do Mirai.

O ângulo que permite a visualização mais fácil da atualização visual é o lateral. A silhueta é mais alongada e é possível notar o trabalho na carroceria para que ela ficasse mais aerodinâmica. As rodas de liga-leve também foram reestilizadas, ganhando aspecto mais esportivo. Aqui na redação da Quatro Rodas, o uso intenso de fendas e ângulos gerou polêmica: alguns acharam tudo muito exagerado.

fabricantes

De fato, o modelo está 6,0 centímetros mais longo, 1,5 cm mais largo e 2,0 cm mais baixo em relação ao solo do que seu antecessor. Isto significa que há mais espaço para os passageiros e que o volume de carga do porta-malas também aumentou. Ainda em termos estruturais, o novo Prius tem chassi 60% mais rígido do que o anterior.

Tantas alterações não trouxeram problemas à eficiência do Prius. Ao contrário: sem confirmar os dados com precisão, a Toyota ressaltou que o modelo está 10% mais econômico no consumo de combustível e 40% mais eficiente no aspecto térmico.

toyota-prius-3.jpeg

A segurança também é um ponto alto do renovado modelo, com diversos itens de série, tais como: alerta de saída de faixa, sistema pré-colisão, controle de cruzeiro dinâmico, ajuste automático de facho dos faróis e, para os países europeus, assistente de detecção de sinais de trânsito. Na prática, o Prius é capaz de visualizar a velocidade máxima da via quando passa por placas, informando ao condutor, inclusive, se ele está acima do limite.

Como de costume, o primeiro mercado a receber o Prius será o japonês, neste último trimestre de 2015. A tendência é de que o lançamento em outras regiões aconteça nos primeiros meses de 2016.

toyota-prius-4.jpeg

VEJA MAIS– Toyota revela Mirai, movido a hidrogênio– Vazam imagens do possível novo Prius

Continua após a publicidade
Publicidade