Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Primeira picape de luxo da Mercedes, Classe X segue em testes no Brasil

Utilitário derivado da Nissan Frontier e Renault Alaskan será uma das estrelas da marca no Salão do Automóvel

Por Rodrigo Ribeiro 29 Maio 2018, 15h57
Protótipo flagrado tinha placas da Alemanha e camuflagem pesada Alexandre Battibugli/Quatro Rodas

A Mercedes-Benz segue a intensa bateria de testes para apresentar a Classe X, sua primeira picape de luxo da história, a tempo do Salão do Automóvel de São Paulo.

Um protótipo com uma pesada camuflagem foi flagrado pelo fotógrafo Alexandre Battibugli na região de São Paulo.

Versões topo de linha terão faróis totalmente em LEDs Alexandre Battibugli/Quatro Rodas

Os adesivos, porém, são específicos dessa unidade, já que modelos sem qualquer proteção também circulam pelo país.

As rodas de liga leve indicam que o protótipo era da versão intermediária Progressive Alexandre Battibugli/Quatro Rodas
Continua após a publicidade

A Classe X é derivada da nova geração da Nissan Frontier. A picape asiática também tem uma versão Renault, chamada Alaskan.

A configuração da Mercedes, contudo, tem interior exclusivo e é mais refinada – apesar da marca ter confirmado que venderá também a versão básica da X no Brasil.

Nos dois eixos, pneus têm medidas 255/60 R17
A versão topo de linha Power poderá ultrapassar os R$ 200 mil Divulgação/Mercedes-Benz

A variante alemã também será a única a ser equipada com um V6 turbodiesel de 258 cv. O propulsor dará à Classe X o título de picape mais potente do mercado, superando a Volkswagen Amarok V6.

A versão topo de linha da Mercedes, no entanto, chegará alguns meses após o lançamento das versões iniciais, dotadas de um 2.3 turbodiesel que pode ter 163 cv ou 190 cv.

A Classe X começará a ser vendida no Brasil no início de 2019, quando a nova fábrica da Nissan na Argentina estiver pronta. De lá também sairá a Renault Alaskan destinada ao Brasil e a Frontier, atualmente importada do México.

Continua após a publicidade

Publicidade