Prefeitura usa spray para destruir pneu de quem faz burnout

Produto químico pode degradar rapidamente a borracha dos carros que tentarem fazer fumaça

Queimar pneus na Austrália pode se tornar perigoso – para o seu bolso

Queimar pneus na Austrália pode se tornar perigoso – para o seu bolso (Divulgação/Dodge)

A Austrália continua a ser um dos poucos redutos de carros acessíveis com tração traseira. O sonho de muito entusiasta, porém, é o pesadelo das autoridades, que precisam ficar de olho na turma que abusa dos burnouts e zerinhos.

A fumaça de borracha queimada é tão comum na Austrália que o país sediou recentemente a quebra do recorde de burnouts simultâneos.

O abuso da prática – que é proibida por lei em um muitas cidades da Austrália – fez com que a prefeitura de Hume tomasse uma medida incomum e drástica.

Ela aplicou um spray misterioso no asfalto de locais conhecidos por receber fãs de borracha queimada que pode destruir os pneus de quem aprontar.

Agora falta às autoridades australianas combinar com as fabricantes para não fazerem mais fotos de divulgação com burnouts…

Agora falta às autoridades australianas combinar com as fabricantes para não fazerem mais fotos de divulgação com burnouts… (Divulgação/Ford)

O funcionamento do produto químico ainda é um mistério, mas autoridades locais afirmam que ele não provoca nenhum tipo de dano em veículos conduzidos de forma prudente.

Segundo Peter Waite, diretor de infraestrutura e serviços da cidade, “se alguém dirigir de forma irresponsável sobre esse piso, será muito difícil queimar os pneus”. Ele alerta que, caso o motorista insista, “a vida útil da borracha será reduzida drasticamente”.

Pelos relatos, uma das teorias é que o spray deixe o asfalto muito mais áspero, o que aumenta a aderência na mesma proporção que o gasto da borracha.

A prefeitura não revelou os locais onde aplicou o produto, e afirmou que a vida útil da química vai de 10 a 15 anos.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s