Pagani Huayra ganha série limitada com 800 cv

Com apenas 20 unidades produzidas (e todas vendidas), o Huayra Benny Caiola ficou mais potente e mais leve

pagani-huayra-bcPagani Huayra Benny Caiola ganha aparatos visuais totalmente funcionais

Pagani Huayra Benny Caiola ganha aparatos visuais totalmente funcionais (/)

pagani-huayra-bc

Sucessor do lendário Zonda e dono de um desempenho assustador, o Pagani Huayra ganhou uma série limitada ainda mais poderosa, a Benny Caiola. O nome faz referência (e reverência) a Benny Caiola, um imigrante italiano que, quando vivo, levava uma valiosa coleção de superesportivos – entre eles Ferrari, Lamborghini e Pagani. Todas as 20 unidades produzidas do modelo já foram vendidas por aproximados R$ 10 milhões – preço que será ainda maior para a futura versão conversível da série.

pagani-huayra-bc-2Mais do que estética, o Huayra BC entrega 800 cv e 112 mkgf

Mais do que estética, o Huayra BC entrega 800 cv e 112 mkgf (/)

pagani-huayra-bc-2

Na aparência, o Huayra BC adota novos elementos aerodinâmicos totalmente funcionais, como nos para-choques, nas laterais e nos para-lamas. No entanto, mais do que apetrechos visuais, o bólido passou por uma dieta e perdeu 132 kg, pesando agora 1.218 kg totais. As rodas de 20 polegadas são 9 kg mais leves, enquanto o sistema de escape de titânio deixou 7,1 kg para trás. Os conjuntos de suspensão e transmissão também perderam 50% e 40% do peso, respectivamente, em relação às configurações convencionais do Huayra. Apesar disso, o cupê ficou mais robusto graças à utilização de um tipo diferenciado de fibra de carbono.

pagani-huayra-bc-3Mesmo com redução de peso, o interior é luxuoso e mescla couro, alcantara e fibra de carbono

Mesmo com redução de peso, o interior é luxuoso e mescla couro, alcantara e fibra de carbono (/)

pagani-huayra-bc-3

Como se não bastasse a redução de peso, a série especial é ainda mais potente. O motor V12 6.0 biturbo, derivado dos Mercedes-AMG, ganhou 61 cv e 10 mkgf, atingindo 800 cv de potência e vertiginosos 112 mkgf de torque. A Pagani não divulgou os dados de desempenho do Huayra BC, no entanto, o motor mais poderoso e a carroceria mais leve deverão levá-lo de 0 a 100 km/h em aproximadamente três segundos.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s