Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Opel Manta GSe: um conceito elétrico com cara de Chevette

Motor a gasolina dá lugar a um elétrico, mas a tração ainda é traseira e o câmbio tem funcionamento inovador para um modelo eletrificado

Por Guilherme Fontana Atualizado em 19 Maio 2021, 13h54 - Publicado em 19 Maio 2021, 13h45
Opel Manta GSe ElektroMod
Divulgação/Opel

A década de 1970 está na moda. Um mês após a Hyundai apresentar um conceito com visual de Volkswagen Passat antigo, a Opel revelou o Manta GSe ElektroMOD, também um conceito elétrico, mas com cara de Chevette “tubarão”. Para a marca alemã, o modelo traz a emoção do passado, com a tecnologia de ponta do futuro.

Clique aqui e assine Quatro Rodas por apenas R$ 8,90 

Mas inspiração não é por acaso e a Opel deixa clara a ressurreição do Manta de 50 anos atrás, que tinha desenho próximo do Chevette conhecido pelos brasileiros.

Opel Manta GSe ElektroMod
Divulgação/Opel

Todas as soluções de estilo do modelo antigo estão no atual: três volumes bem definidos, faróis incorporados à grade, lanternas duplas circulares, para-choques recuados, janelas de contornos arredondados e os pequenos retrovisores fincados nas portas. Até as maçanetas são resgatadas do passado. Outro ponto nostálgico está na clássica pintura amarela com capô preto.

Por outro lado, o Manta atualizado adota itens mais modernos, como rodas de 17 polegadas (com pneus 195/40 na dianteira e 205/40 na traseira), faróis e lanternas em LEDs. O mesmo acontece no interior, com desenho simples digno de um modelo clássico, volante sem comandos, freio de estacionamento mecânico e vidros a manivela, mas equipado com quadro de instrumentos digital, central multimídia, conexão bluetooth e acabamentos em Alcantara.

Opel Manta GSe ElektroMod
Divulgação/Opel

O antigo motor a gasolina de 4 cilindros dá lugar a um elétrico de 149 cv de potência e 26 kgfm de torque. A transmissão continua sendo de quatro marchas, mas no elétrico as coisas são um pouco diferentes. Há possibilidade de que o motorista use as quatro marchas de forma simulada, ou escolha pelo modo automático, ativado quando a alavanca é posicionada diretamente na quarta marcha. O que não mudou de nenhuma forma foi a tração, que segue traseira, como no Manta e no Chevette antigos.

Opel Manta GSe ElektroMod
Divulgação/Opel

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

Capa Quatro Rodas Abril

Continua após a publicidade
Publicidade