Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Novo Toyota Land Cruiser quer honrar seu legado off-road com tecnologia

Além do foco no fora-de-estrada, a nova geração do SUV troca os grandes motores V8 por unidades V6; modelo terá versão esportiva GR

Por Pedro Henrique Oliveira Atualizado em 10 jun 2021, 10h18 - Publicado em 10 jun 2021, 10h11
Toyota Land Cruiser
Divulgação/Toyota

A nova geração do Toyota Land Cruiser foi apresentada oficialmente, pouco tempo após ter alguns de seus dados vazados nas redes sociais. Além do redesenho, a grande novidade do SUV fica para a troca dos grandes motores V8 por outro menores, só que mais potentes.

Clique aqui e assine Quatro Rodas por apenas R$ 8,90

O modelo começará a ser vendido em várias partes do mundo em julho, deixando as versões a diesel para setembro. Porém, os fãs brasileiros do modelo, vendido por aqui até 2009 como Land Cruiser Prado, ficarão decepcionados: o Brasil não deve estar entre os mercados que receberão o SUV. 

Toyota Land Cruiser 300Series branco visto 3/4 de trás
As lanternas traseiras são mais estreitas quando comparadas ao predecessor do modelo e continua com o aspecto “quadradão” Divulgação/Toyota

 

Para a arquitetura do novo Land Cruiser, a Toyota utilizou a nova plataforma GA-F (Global Architecture) baseada no conceito TNGA (Toyota New Global Architecture) e manteve a estrutura do chassi. A mescla das tecnologias teve o intuito de reduzir o peso do modelo, diminuir o centro de gravidade e até para adotar novidades no motor e nos visuais interno e externo.

De acordo com a empresa, os objetivos para o desenvolvimento da nova geração foram herdar e evoluir a “essência de confiabilidade, durabilidade e desempenho off-road”. 

Chassi do Land Cruiser 300Series
O chassi da nova geração do SUV recebeu pequenos ajustes para melhorar o controle do Land Cruiser tanto na estrada como no off-road Divulgação/Toyota

 

A nova estrutura tem como foco a dirigibilidade, principalmente para o fora-de-estrada. Para isso, a suspensão foi aprimorada e ganhou um sistema dinâmico com acionamento eletrônico (E-KDSS).

Continua após a publicidade

Também será possível observar o terreno à frente por câmeras para não ser pego de surpresa em situações extremas. Nas imagens reproduzidas na tela da central multimídia, o assistente mostra a posição das rodas dianteiras, o trajeto feito por elas, além do ângulo de inclinação da carroceria.  

Painel do Toyota Land Cruiser 300Series
O painel do novo Land Cruiser indica obstáculos para segurança do motorista e dos passageiros Divulgação/Toyota

 

Assim como indicaram os vazamentos de informações, o Land Cruiser trocou sua clássica motorização V8 por unidades menores. Agora, os novos modelos serão equipados sempre com unidades V6. O primeiro será um V6 3.5 biturbo a gasolina conectado a uma transmissão automática de 10 velocidades, com 415 cv e 66,3 kgfm. 

Em um segundo momento, também estará disponível um V6 3.3 biturbo a diesel, capaz de gerar 308 cv e 71,4 kgfm. O câmbio é o mesmo, de 10 marchas. A Toyota confirmou ainda que alguns países terão uma opção V6 aspirada com câmbio automático de 6 marchas, sem dar detalhes sobre potência ou quais países receberão a unidade.

  • Apesar de menores do que os antigos propulsores V8 do SUV, que eram aspirados, os novos seis-cilindros turbo são mais potentes. Como comparação, o antigo 5.7 entregava 386 cv, enquanto o 4.5 tinha 276 cv. 

    Interior do Toyota Land Cruiser 300Series visto dos bancos da frente
    Mais detalhes sobre as especificações do interior do veículo devem ser divulgados com o início da produção, esperada para julho Divulgação/Toyota

    O novo Land Cruiser mantém o clássico formato quadrado das gerações anteriores. A grade toma conta de grande parte da dianteira, com faixas verticais, e os faróis full LED ficaram mais estreitos. Na traseira, as lanternas seguem a identidade dos faróis, com formato retangular e iluminada por LEDs.

    Por dentro, o visual mescla elementos dos demais SUVs da marca, como RAV4 e SW4, como o console central largo e a multimídia com tela “flutuante”. O acabamento, de aparente boa qualidade com materiais macios e couro no painel, pode ter dois tons, como na imagem acima. No quadro de instrumentos, com mostradores analógicos para garantir um visual mais clássico, a tela central digital dá um ar de modernidade.

    Três Toyota Land Cruiser 300Series brancos
    A nova geração do Land Cruiser vem para substituir as unidades 200Series, lançadas em 2007 Divulgação/Toyota

    Além das mudanças mecânicas e no visuais, a marca adotou o Safety Sense, pacote com itens de segurança ativos e passivos, além de sistemas semiautônomos. O SUV detecta outros veículos que se aproximam em cruzamentos e pedestres atravessando a rua. Além disso, há uma assistência que entra em cena quando o motorista faz uma manobra para evitar uma colisão. 

    Apesar de não ter sido especificado pela empresa, as imagens mostram uma unidade com o logotipo GR, da Gazoo Racing, divisão esportiva da Toyota. Ou seja, o Land Cruiser deve receber uma versão com apelo esportivo. Nas imagens, é possível observar um para-choque dianteiro diferente e uma grade exclusiva com o nome da marca por extenso. Outras diferenças notáveis estão nas rodas diferenciadas, além de retrovisores e maçanetas pretos.

    Toyota Land Cruiser 300Series branco visto 3/4 de frente
    Um dos modelos divulgados possui um para-choque mais agressivo, com grade preta e o logotipo GR, da divisão esportiva da marca Divulgação/Toyota

     

    Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital

    Capa Maio 2021
    A edição 745 de QUATRO RODAS já está nas bancas! Arte/Quatro Rodas
    Continua após a publicidade
    Publicidade