Novo Onix: GM diz a Procon que vazamento de combustível não causa incêndio

Fabricante responde a notificação do órgão afirmando que falha "é de pouca relevância" e "não afeta segurança", e que por isso não formalizou um recall

Cerca de 30.000 unidades podem ter vazamento de combustível

Cerca de 30.000 unidades podem ter vazamento de combustível (Fernando Pires/Quatro Rodas)

Os Chevrolet Onix e Onix Plus tiveram casos recentes de vazamento de combustível.

Só que, de acordo com a marca, o defeito tem “pouca relevância” e não apresentava “risco à segurança”. Quer dizer… ao menos foi a justificativa da GM ao Procon-SP para não fazer o recall.

O órgão de defesa do consumidor antecipou o comunicado em primeira mão a QUATRO RODAS nesta terça-feira (7) e também confirmou que analisará se as falhas apresentadas pelo lançamento colocam o consumidor em risco.

Além do vazamento, os modelos tiveram falha no led indicador de marcha do câmbio.

“A empresa encaminhou resposta informando que (…) o vazamento é de pouca relevância e ocorre de um lado do veículo em que não há produto inflamável. A empresa afirma que, deste modo, não existe risco à segurança e por tal motivo optou por não fazer o recall”, relata o Procon.

Procon-SP analisará se defeito coloca em risco o consumidor

Procon-SP analisará se defeito coloca em risco o consumidor (Christian Castanho/Quatro Rodas)

Segundo apuração realizada no mês passado, há aproximadamente 30.000 unidades com risco de apresentar os defeitos.

Na reportagem anterior, em contato com o Procon-SP, o diretor da entidade informou que a empresa poderá pagar multa de R$ 10 milhões por não realizar a campanha de reparo.

O caso é tratado pela Chevrolet apenas como “campanha de serviço”. Só que a própria marca orienta proprietários a continuarem utilizando o veículo, apesar do risco de vazamento.

O analista de sistemas Fabio Andrade, de São Paulo (SP), recebeu exatamente esta orientação da concessionária enquanto aguardava o reparo de seu Onix hatch 1.0 turbo LT com 1.375 km rodados.

Antes que o atendimento fosse efetivamente realizado, Andrade teve seu carro guinchado devido ao vazamento. Confira o vídeo da falha:

Onde está a falha?

Mais precisamente, nos conectores da tubulação Y que leva o combustível do tanque ao filtro. De acordo com o comunicado interno da GM à rede, estes conectores podem estar “com o material fora do especificado”.

A solução consiste em “substituir o trecho da tubulação de alimentação de combustível” especificada em vermelho na imagem abaixo. Segundo o boletim interno, o serviço será coberto pela garantia dos veículos.

Boletim interno indica que as oficinas devem trocar parte da tubulação de combustível

Boletim interno indica que as oficinas devem trocar parte da tubulação de combustível (Reprodução/Quatro Rodas)

Além disso, pode ser necessária a substituição do chicote dos leds que iluminam a alavanca do câmbio automático de Onix e Onix Plus. Ao todo,  29.512 unidades estão envolvidas no primeiro caso e 6.196 unidades no segundo.

A substituição da peça defeituosa, que leva cerca de uma hora, depende da disponibilidade nas revendas para que seja feita na hora ou via agendamento.

Confira o comunicado oficial antecipado pelo Procon-SP

“GM responde ao Procon-SP

Procon analisará se a falha do Chevrolet Onix coloca o consumidor em risco

A General Motors do Brasil respondeu à notificação do @proconsp, vinculado à Secretaria da Justiça e Cidadania, sobre os problemas apresentados pelo veículo Chevrolet Onix Plus: vazamento de combustível e falha no LED do câmbio.

A empresa encaminhou resposta informando que em algumas unidades do modelo Chevrolet Onix ocorreram vazamento em função do defeito de uma peça, sendo que o defeito é pequeno, o vazamento é de pouca relevância e ocorre de um lado do veículo em que não há produto inflamável. A empresa afirma que, deste modo, não existe risco à segurança e por tal motivo optou por não fazer o recall.

O @proconsp irá analisar a resposta e o laudo apresentado pela GM. Após essa avaliação, caso o @procon entenda que o defeito, ainda que pequeno, traz algum risco à segurança dos consumidores, a empresa poderá ser multada”.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s