Clique e assine por apenas 8,90/mês

Novo Hyundai HB20 chega até novembro com motores 1.0 e 1.0 turbo

Renovação profunda chega para matar linha atual com motores 100% três-cilindros. Especificação turbo enfim ganhará injeção direta

Por Gabriel Aguiar, em Seul (Coreia do Sul) - Atualizado em 5 jun 2019, 10h28 - Publicado em 3 jun 2019, 22h31
Hyundai HB20: nossa aposta sobre como ficará o hatch após passar por um facelift profundo Du Oliveira/Quatro Rodas

A Hyundai já tem tudo preparado para o lançamento da segunda reestilização da família HB20.

Hatch e sedã receberão modificações profundas em sua plataforma, a fim de brigarem com a nova geração de Onix/Onix Sedan e também com a dupla formada por VW Polo e Virtus, além de outros concorrentes.

O lançamento é tão importante que a fabricante levou um grupo de jornalistas à Coreia do Sul para conhecer os modelos renovados. QUATRO RODAS está no grupo e já apurou algumas informações importantes sobre ele.

Sedã HB20S terá traços inspirados no Elantra na parte traseira Du Oliveira/Quatro Rodas

A primeira delas: a chegada às ruas brasileiras não será em setembro, como inicialmente cogitado, mas sim entre outubro e novembro deste ano, pelo menos na carroceria hatch.

Continua após a publicidade

E, diferentemente do que ocorrerá com os novos Onix Plus e Sedan, cuja convivência com os atuais Onix e Prisma é certa, o novo HB20 substituirá integralmente a linha oferecida ao consumidor hoje.

Novo HB20 hatch foi flagrado pela primeira vez no brasil em outubro de 2018 Germano Lüders/Quatro Rodas

Visual será inspirado no conceito Saga EV, exibido no Salão do Automóvel de São Paulo do ano passado, com traços de modelos maiores da Hyundai, como i30 e Elantra.

Só que a alteração mais surpreendente está na motorização, que, assim como na vindoura geração do Onix, será formada 100% por opções 1.0 de três cilindros.

Não estamos falando do propulsor Kappa naturalmente aspirado de 80 cv com 12 válvulas, que será mantido – muito provavelmente com os mesmos dados de potência e torque – junto ao câmbio manual de cinco marchas.

Continua após a publicidade

A novidade aqui é que ele enfim aposentará o tanquinho de partida a frio, adotando um sistema de pré-aquecimento no cabeçote.

Protótipos do HB20S também já apareceram camuflados no Brasil Mário Jorge Pereira/Quatro Rodas

A grande novidade está na estreia de uma especificação 1.0 turbo com injeção direta (aleluia!), quatro válvulas por cilindro e potência estimada em 120 cv.

Ele será responsável por substituir de uma vez o 1.0 turbo de 105 cv – e injeção indireta – e o 1.6 quatro-cilindros aspirado de 128 cv. Ele virá acoplado à já conhecida caixa automática de seis marchas. Ainda não está certo se oferecerá opção manual.

Nossa reportagem participa de um test-drive com uma unidade ainda camuflada do HB20 e publica em breve suas primeiras impressões.

Publicidade