Clique e assine com até 75% de desconto

Nova Nissan Frontier 2021 aparece mais robusta no visual e na mecânica

Picape média não ganhou apenas uma cara nova, como também teve eixo, capacidade de carga e direção revistos, mas só foi anunciada para Ásia e México

Por Henrique Rodriguez Atualizado em 5 nov 2020, 15h08 - Publicado em 5 nov 2020, 10h34
Dianteira da picape média está quase que completamente nova Divulgação/Nissan

Antecipada por flagras, a nova Nissan Frontier foi revelada oficialmente hoje com uma série de atualizações no design e na mecânica, além de novas versões. A picape média estreará primeiro em mercados da Ásia e na Austrália, onde é vendida como Navara.

Quer ter acesso a todos os conteúdos exclusivos de Quatro Rodas? Clique aqui e assine por apenas R$ 5.90

As mudanças no visual são facilmente percebidas. A grade dianteira cresceu e agora está mais parecida com a Nissan Titan, irmã maior vendida nos Estados Unidos. Os faróis passam a ter leds nos fachos alto e e baixo e luzes diurnas de leds integradas, em forma de C.

Nome da picape, que muda de acordo com o mercado, está estampado na tampa da caçamba Divulgação/Nissan

O capô ainda está mais alto e tem novos vincos. Para-choque frontal também é novo e coloca os faróis de neblina em posição mais elevada do que antes.

A traseira, ou melhor, a caçamba da nova Frontier exibe novas lanternas e também uma nova tampa da caçamba com chapa mais reta e o nome da picape em relevo.

Nissan diz que a caçamba e a capacidade de carga aumentaram, mas não em quanto Divulgação/Nissan

Havia a expectativa da Nissan Frontier receber algumas evoluções técnicas da Mercedes Classe X, que teve sua produção cancelada após discordâncias entre as duas fabricantes. Isso pode estar relacionado com a adoção de novo eixo traseiro, aumento da capacidade de carga, aumento do volume da caçamba e também com a adoção de uma nova caixa de direção que promete melhorar a manobrabilidade em baixas velocidades e reduzir a vibração e os ruídos.

  • Por dentro, a picape média ganhou novo volante com design parecido com os de Versa e Kicks, além de uma nova central multimídia.

    Continua após a publicidade
    Interior tem novo volante e central multimídia Divulgação/Nissan

    Há, ainda, novidades no pacote de equipamentos. O pacote Nissan Intelligent Mobility, com alerta de colisão frontal, frenagem autônoma de emergência e câmeras de visão 360° com função específica para o off-road serão equipamentos de série na Ásia e na Oceania. Eles se juntam a outros sistemas já oferecidos por lá, como o assistente de permanência em faixa, o alerta de pontos cegos e o alerta de tráfego cruzado.

    A versão das fotos é a nova PRO-4X, com grade, maçanetas, retrovisores e rodas aro 17 pretos, peças refletivas nas molduras das caixas de roda e detalhes em tom de laranja avermelhado espalhados pela carroceria.

    Divulgação/Nissan

    Não houve mudanças na mecânica. A linha 2021 da nova Frontier seguirá à venda com motor 2.3 biturbo a diesel de 190 cv combinado ou com câmbio manual de seis marchas ou automático de sete. O 2.3 turbodiesel de 160 cv foi descontinuado.

    Divulgação/Nissan

    Neste primeiro momento a Nissan comunicou o início da nova Frontier na Tailândia e no México, de onde a picape média já foi importada ao Brasil. Fora isso, disse que a picape também será montada em Pretória, na África do Sul. Mas nada disse a respeito das unidades fabricadas em Santa Isabel, na Argentina, de onde chegam as unidades vendidas no Brasil atualmente.

    Procurada, a Nissan do Brasil enviou o seguinte posicionamento:

    “A Nissan está muito satisfeita com o desempenho da Frontier e com a crescente aceitação de nosso produto pelos clientes, conforme demonstrado em nossa crescente participação no segmento. A Frontier é a picape Nissan mais avançada já produzida até agora e vamos manter sua competitividade para apoiar nosso crescimento planejado e continuar superando as expectativas dos clientes.”

    Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

    Arte/Quatro Rodas
    Continua após a publicidade
    Publicidade