Clique e assine por apenas 8,90/mês

Nova Ferrari California vai usar plataforma modular

Alterações em outros modelos também estão previstas até 2017

Por Redação - Atualizado em 9 nov 2016, 14h39 - Publicado em 23 ago 2015, 19h20
fabricantes

A Ferrari revelou alguns planos da marca para o futuro de seus modelos. A nova California, que chegará em 2017, vai ser a primeira a usar uma nova arquitetura modular, flexível o suficiente para ser utilizada em carros da montadora com motor dianteiro ou central.

A nova geração a California será mais esportiva que a atual versão GT. Os preços vão diminuir e um motor menos potente 2.9 turbo V6 de 600 cv de potência, que usa uma configuração em V de 120º, também será oferecido.

Segundo reportagem da Automobile Magazine, a California vai servir como base para a nova Ferrari Dino. Isto não foi feito até agora pois o ex-chefe da marca, Luca di Montezemolo era contra. Como a Ferrari agora está sob o comando de Sergio Marchionne, CEO do grupo Fiat, a adaptação será possível. A nova Ferrari Dino vai custar cerca de 200.000 dólares e será o modelo mais barato da marca.

Já a FF vai sofrer algumas mudanças. O carro ficará um pouco maior, o balanço dianteiro será reduzido e a traseira também vai esticar. Por sua vez, a F12 Berlinetta também vai passar por ajustes em algum momento, mas serão modificações menores. Por fim, o que mais se especula é a LaFerrari híbrida, que poderia passar por mudanças e ser lançado no 70º aniversário da Ferrari em 2017.

Continua após a publicidade
Publicidade