Clique e assine por apenas 8,90/mês

Nissan Kicks 2021 aparece renovado com frente do novo Sentra

Atualização do SUV compacto inclui frente completamente diferente e mudanças na traseira

Por Henrique Rodriguez - Atualizado em 9 abr 2020, 13h07 - Publicado em 9 abr 2020, 11h25
Grande grade e novas tomadas de ar marcam a atualização da dianteira HeadlighMag/Reprodução

Não fosse a quarentena devido à Covid-19, o novo Nissan Kicks teria sido apresentado oficialmente em 19 de março na Tailândia.

Mesmo sem qualquer apresentação prévia o SUV compacto atualizado começou a ser distribuído no país asiático. E o melhor: com tão pouca camuflagem que é possível ver boa parte das mudanças nestas imagens publicadas por um usuário do fórum HeadlightMag.

Faróis do Nissan Kicks ficaram estreitinhos HeadlighMag/Reprodução

A grade em forma de “V” ganhou proporções maiores e agora alcança a tomada de ar inferior do para-choque, que agora também tem grandes tomadas de ar laterais onde estão instalados os faróis de neblina.

Nova geração do Sentra também tem grade enorme e faróis estreitos Divulgação/Nissan

Já os novos faróis principais são bem estreitos e remetem ao novo Sentra. Eles têm tudo para ser do tipo full-led pelo menos nas versões mais caras.

Continua após a publicidade
Lanternas parecem manter o mesmo formato, mas têm elementos internos diferentes HeadlighMag/Reprodução

Pelo que se pode ver nos flagras da traseira, as lanternas mantiveram o mesmo formato de antes. Contudo, agora são escurecidas e os elementos internos foram redistribuídos, com uma seção branca maior na base. O novo para-choque completa as mudanças.

Essa atualização visual não deverá tardar para chegar ao Brasil, visto que parece não alterar muitas peças de estamparia. Mas a principal novidade desta nova fase é a versão híbrida E-Power, que só deve aparecer por aqui no final de 2021.

HeadlighMag/Reprodução

Ele combina usa um modesto motor estacionário 1.2 de três cilindros a gasolina, de 80 cv e 11 mkgf, cuja única função é atuar como gerador. Há ainda uma pequena bateria de 1.5kWh e um motor elétrico de 130 cv, este sim responsável por mover o SUV compacto.

Como a bateria é pequena, o motor 1.2 precisa estar quase sempre funcionando, mas sua eficiência é muito maior. Nossa reportagem já experimentou o sistema no monovolume Versa Note, atual carro mais vendido do Japão.

Continua após a publicidade

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da edição de abril da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

Fernando Pires/Quatro Rodas
Publicidade