Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Metal extraído pelas FARC é usado em carros

Tungstênio foi utilizado na produção de modelos de BMW, Ferrari e VW

Por Redação Atualizado em 9 nov 2016, 12h37 - Publicado em 8 ago 2013, 16h15

As Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC) foram as responsáveis por extrair o tungstênio utilizado na produção de diversos modelos de BMW, Ferrari e Volkswagen. A informação foi publicada pela revista Bloomberg Markets (você pode conferir a reportagem neste link).

O material é extraído ilegalmente da Floresta Amazônica, antes de ser levado à Pensilvânia (Estados Unidos), onde é processado. Por fim, o metal vai para a Áustria, onde acaba sendo utilizado na fabricação de partes de motores.

A revista contatou as respectivas montadoras e apresentou o tema. BMW e Volkswagen responderam que evitam qualquer tipo de material de origem suspeita, enquanto a Ferrari preferiu não se manifestar.

Publicidade