Marcha a ré: os destaques de QUATRO RODAS em maio de…

De 1966 a 2006, uma viagem no tempo para relembrar o que já foi notícia na revista de automóveis mais tradicional do país

Marcha a ré - 2006 Abertura da matéria sobre o New Civic, em maio de 2006

Abertura da matéria sobre o New Civic, em maio de 2006  (reprodução/Quatro Rodas)

2006 – New Civic, o revolucionário

A oitava geração do Honda Civic provocou furor em maio de 2006. O sedã chegou com estilo revolucionário para o segmento e para a história do modelo. A dianteira em formato de cunha e a traseira curta davam maior aerodinâmica, além de ares esportivos e modernos ao New Civic, como ficou conhecido. A dirigibilidade ficou afiada, com direção direta e reações rápidas. O destaque, porém, ficava no interior: o painel dividido em dois andares e com mostradores digitais – abandonado apenas na atual geração, dez anos depois.

Outro destaque da edição foi o Fusion, que chegava para estabelecer um novo patamar de sedãs executivos. Espaçoso, potente, luxuoso e com estilo tipicamente americano, ele competia com as versões topo de linha dos sedãs médios.

Marcha a ré - 1966 e 1976 Maio de 1966 e maio de 1976

Maio de 1966 e maio de 1976  (/)

1966

O Gordini II chegava com diferenças visuais, acabamento revisto e apostando em um rodar mais confortável, mesmo que isso prejudicasse seu desempenho nas pistas.

1976

Comparativo de carros iguais com motores diferentes é algo antigo. Em maio de 1976, juntamos os Fusca 1300 e 1600: o primeiro levou 30,9 s no 0 a 100 km/h.

Marcha a ré - 1986 e 1996 Maio de 1986 e maio de 1996

Maio de 1986 e maio de 1996  (/)

1986

Ao fim do teste de 50.000 km, o VW Santana ainda era capaz de fazer inveja em muito carro novo. O único porém ficou para o acabamento, que mostrava sinais da idade.

1996

O principal lançamento do ano estreava na pista de testes de QUATRO RODAS. Com motor 1.6 16V, o Palio conquistou bons números para a época: foi de 0 a 100 km/h em 11 s.

* para acessar os links que direcionam para o Acervo Digital da QUATRO RODAS, é preciso desabilitar o bloqueio de pop-ups em seu navegador.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s