Clique e assine por apenas 5,90/mês

Marca mais vendida do Brasil, Chevrolet está fora do Salão de SP 2020

Detentora também do carro mais emplacado do país há cinco anos, fabricante justificou que "relacionamento com consumidor está cada vez mais digital"

Por Redação - Atualizado em 31 jan 2020, 15h53 - Publicado em 31 jan 2020, 15h42
Chevrolet no Salão de SP 2018 Renato Pizzutto/Quatro Rodas

O Salão do Automóvel de São Paulo 2020 já vinha sofrendo com as baixas de Toyota (além da subsidiária Lexus), PSA (Peugeot e Citroën), BMW (e a subsidiária Mini), Jaguar Land Rover, JAC e Volvo.

Entretanto, a informação desta sexta-feira (31) é um baque ainda mais duro ao evento.

A Chevrolet, marca mais vendida do mercado nacional, com 475,6 mil unidades vendidas em e 17,9% de participação no mercado de automóveis e comerciais leves em 2019, anunciou que também estará fora do evento.

Além disso, a fabricante pertencente à GM também é detentora do automóvel mais comercializado do país há cinco anos, o Onix, e o vice-líder provisório de mercado em 2020, Onix Plus.

Vale lembrar que, das marcas já desistentes, Chevrolet, Toyota, Lexus, BMW e Mini estavam na edição de 2018. As demais já haviam se ausentado.

Confira o comunicado na íntegra:

“A Chevrolet não participará do Salão do Automóvel de São Paulo em 2020. A nossa estratégia de vendas e marketing é baseada na experiência do cliente. A Chevrolet quer ser relevante para o cliente em todos os momentos e por meio de todos os canais escolhidos por ele. E a jornada de relacionamento do consumidor com a nossa marca vem se mostrando cada vez mais digital. Prova disso é que cerca de 32% das nossas vendas de varejo iniciam-se no ambiente digital. Temos 93% da rede de concessionários integrada em uma plataforma única na internet, que conta com o estoque de cada concessionária, de veículos novos e seminovos. Isso tudo gerou mais de R$ 3 bilhões em vendas em 2019. Assim, a estratégia é focarmos cada vez menos em formatos analógicos e apostarmos mais em plataformas digitais e customizáveis, sempre tendo o cliente como o centro de tudo o que fazemos.”

Continua após a publicidade
Publicidade