Clique e assine por apenas 8,90/mês

Toyota é a primeira grande marca a desistir do Salão do Automóvel 2020

Decisão também inclui a divisão de luxo Lexus. Mini e BMW já desistiram do evento

Por Henrique Rodriguez - Atualizado em 30 jan 2020, 09h50 - Publicado em 30 jan 2020, 09h10
No Salão do Automóvel de 2018 a Toyota destacou a Gazoo Racing, que estreava no Brasil com a Hilux GR Sport Renato Pizzutto/Quatro Rodas

A Toyota anunciou que não participará do Salão do Automóvel, que acontece entre 12 e 22 de novembro em São Paulo. A decisão foi anunciada pelo presidente da Toyota do Brasil, Rafael Chang. Esta decisão também tem efeito sobre a marca de luxo Lexus.

A Toyota diz que pretende direcionar seus esforços em ações de mobilidade ao longo do ano, junto com investimento em corridas com a marca Gazoo e na Stock Car, onde a marca fará sua estreia na linha 2020.

Hilux GR Sport foi lançada na última edição do Salão Renato Pizzutto/Quatro Rodas

A Toyota foi a quinta fabricante que mais vendeu automóveis e comerciais leves no Brasil em 2019. Um de seus principais lançamentos previstos para 2020 estreia já em fevereiro: é a nova Hilux GR Sport com motor V6 4.0 a gasolina de 234 cv e 38,3 mkgf de torque em substituição ao 2.8 turbodiesel de 177 cv e 45,9 mkgf de torque. 

Com a decisão da Toyota, já são quatro as marcas que estarão de fora do evento deste ano: Toyota, Lexus, BMW e Mini.

SUV compacto Lexus UX fez sua primeira aparição no evento de 2018 Renato Pizzuto/Quatro Rodas

Na edição de 2018, Peugeot, Citroën, Jaguar, Land Rover, Volvo e Jac Motors ficaram de fora e nenhuma delas confirmou presença na edição 2020 até o momento.

Em 2019 a Toyota decidiu ficar de fora do Salão de Frankfurt, maior salão automotivo da Europa. O evento, que é bienal, inclusive mudará de cidade na edição de 2021: Berlim, Munique e Hamburgo estão na disputa pelo evento.

Continua após a publicidade
Publicidade