Mais de 85% das estradas no Brasil ainda têm pista simples, diz relatório

Estudo da Confederação Nacional de Transportes analisou 107 mil km de rodovias brasileiras ao longo de 2018, e resultados desanimam

Rodovia no Acre: pista simples, erosão na pista e sinalização desgastada

Rodovia no Acre: pista simples, erosão na pista e sinalização desgastada (CNT/Divulgação)

Mais de 85% das estradas brasileiras ainda são formadas por pista simples de mão dupla, aponta levantamento da Confederação Nacional de Transporte (CNT).

O estudo levou em consideração 107.161 quilômetros de rodovias federais e estaduais, das cinco regiões do Brasil, avaliadas ao longo de 2018.

A região Sudeste lidera a extensão da malha, com 29.504 km, sendo 28.754 km do Nordeste, 18.419 da Sul, 17.155 da Centro-Oeste e 13.329 da Norte.

Segundo a CNT, as pistas simples de mão dupla respondem por 85,9% do total de km. Já as duplas com canteiro central respondem por meros 9,7%, enquanto as duplicadas por barreira central representam 3,2%.

Confira os percentuais totais na tabela abaixo:

Tipo de rodovia %
Simples de mão dupla 85,9
Dupla com canteiro central 9,7
Dupla com barreira central 3,2
Dupla com faixa central 0,8
Simples com mão única 0,4

Ainda de acordo com o levantamento, o percentual de km de rodovias em estado considerado ótimo ficou em singelos 11,6%, abaixo dos 15,3% de km de estradas classificadas como ruins.

Veja na tabela, que separa a classificação entre estradas federais e estaduais, e também entre vias 100% públicas e aquelas administradas por concessionária:

Classificação Total: 107.161 km Federais: 67.449 km Estaduais: 39.712 km Públicas: 87.563 km Concedidas: 19.598
Ótimo 11,6% 10% 14,3% 4,6% 42,5%
Bom 31,4% 41,6% 14,3% 29,6% 39,4%
Regular 35,2% 36% 33,8% 39,4% 16,6%
Ruim 15,3% 9,6% 24,8% 18,4% 1,4%
Péssimo 6,5% 2,8% 12,8% 8% 0,1%

O levantamento é feito levando-se em conta três fatores principais: pavimento, sinalização e geometria da via (presença de faixa adicional, presença de pontes e viadutos, presença de curvas perigosas, condição da curva perigosa, presença de acostamento e condição do pavimento do acostamento).

Subdividindo-se a qualidade das estradas por esses fatores, a pesquisa detectou que as piores avaliações estão relacionados à geometria (75,7% de classificações regular, ruim e péssima). Confira os percentuais:

Classificação Pavimento Sinalização Geometria
Ótimo 42,3% 15,2% 5,4%
Bom 6,8% 40,1% 18,9%
Regular 37% 24,5% 28,6%
Ruim 9,5% 10% 19,8%
Péssimo 4,4% 10,2% 27,3%

Pelo relatório da CNT, 24,1% das estradas contam com pavimento em perfeito estado; 52,8% estão com piso desgastado; 18,9%, com trincas e remendos na malha; 3,4%, com afundamento, ondulações e buracos; 0,8% estão totalmente destruídas.

Entre os pontos críticos encontrados no pavimento, o mais numeroso foi o de buracos grandes na pista, com 313 casos, seguido por erosão na pista (124), queda de barreira (13) e ponte caída (4).

    Em relação à sinalização, 23,6% das estradas apresentam pintura com faixas centrais desgastadas e 6,6% sequer têm faixa.

    5,7% têm placas parcialmente cobertas por mato, sendo 6,4% com placas totalmente cobertas e 2,8% desprovidas de placa. Ainda, 12,2% possuem placas desgastadas e 0,8%, placas totalmente ilegíveis.

     

    Os melhores percursos

    O estudo mostra que as ligações rodoviárias localizadas no estado de São Paulo continuam sendo as melhores do Brasil. As 10 primeiras colocadas num ranking formado por 109 ligações são da Unidade Federativa mais populosa do país. Confira:

    Pos. Ligação Rodovias Trajeto Classificação Gestão
    1. 91 SP-310/BR-364, SP-348 São Paulo-Limeira (SP) Ótimo Concedida
    2. 105 SP-065, SP-340 Campinas-Jacareí (SP) Ótimo Concedida
    3. 101 SP-225, BR-369 Bauru-Itirapina (SP) Ótimo Concedida
    4. 58 SP-330/BR-050 São Paulo (SP)-Uberaba (MG) Ótimo Concedida
    5. 94 SP-326/BR-364 Barretos-Bueno de Andrade (SP) Ótimo Concedida
    6. 106 SP-070 São Paulo-Taubaté (SP) Ótimo Concedida
    7. 93 SP-310/BR-364/BR-456, SP-330/BR-050 Limeira-São José do Rio Preto (SP) Ótimo Concedida
    8. 95 SP-255, SP-318, SP-334, SP-345 Araraquara-Itirapuã (SP) Ótimo Concedida
    9. 100 SP-300 Tietê-Jundiaí (SP) Ótimo Concedida
    10. 89 SP-255, SP-280/BR-374 São Paulo-Espírito Santo do Turvo (SP) Ótimo Concedida

    Se levarmos em conta a ligação rodoviária mais bem classificada por região, veremos que apenas o Sudeste possui estradas avaliadas como ótimas. Veja qual a estrada líder de cada região:

    Região Pos. Ligação Rodovias Trajeto Classificação Gestão
    Sudeste 1. 91 SP-310/BR-364, SP-348 São Paulo-Limeira (SP) Ótimo Concedida
    Sul 20. 20 BR-101, BR-280, BR-290, BR-376 Curitiba (PR)-Porto Alegre (RS) Bom Concedida
    Nordeste 25. 83 BR-343 Piripiri-Parnaíba (PI) Bom Pública
    Centro-Oeste 26. 44 BR-060, BR-163, MS-223/BR-359 Ponta Porã (MS)-Rondonópolis (MT) Bom Concedida
    Norte 30. 6 BR-316 Belém (PA)-São Luís (MA) Bom Pública

    Por fim, estes são os cinco piores entre os 109 trajetos avaliados pela CNT:

    Pos. Ligação Rodovias Trajeto Classificação Gestão
    105. 10 BR-010/DF-345/GO-118/TO-050, TO-010, TO-342 Brasília (DF)-Palmas (TO) Regular Pública
    106. 8 BR-418 Caravelas(BA)-Teófilo Otoni (MG) Regular Pública
    107. 81 BR-222 Marabá-Dom Eliseu (PA) Ruim Pública
    108. 79 BR-158 Jataí-Piranhas (GO) Ruim Pública
    109. 33 BA-460/BR-242, TO-040, TO-280 Natividade (TO)-Barreiras (BA) Péssima Pública

     

    Comentários
    Deixe um comentário

    Olá,

    * A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

    Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

    Logotipo do WordPress.com

    Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

    Foto do Google

    Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

    Imagem do Twitter

    Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

    Foto do Facebook

    Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

    Conectando a %s