Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Lamborghini Aventador ganha série de despedida com motor V12 de 780 cv

Último modelo 100% a combustão da marca terá versões cupê e conversível, será limitado a 600 unidades e não deve ser visto no Brasil

Por Pedro Henrique Oliveira Atualizado em 7 jul 2021, 17h41 - Publicado em 7 jul 2021, 17h11
A edição de despedida será a mais veloz do modelo e não virá para o Brasil
A edição de despedida será a mais veloz do modelo e não virá para o Brasil Divulgação/Lamborghini

De olho nas tendências do mercado europeu, a Lamborghini já havia anunciado a eletrificação todos os seus modelos até 2024 e lançar um veículo 100% elétrico na segunda metade da década. Com foco nesses objetivos, a empresa apresentou o último Aventador com motor gasolina da história.

Clique aqui e assine Quatro Rodas por apenas R$ 8,90

Batizada de Aventador Ultimae que, em latim, significa último ou final, esta edição de despedida chega após mais de uma década do lançamento do modelo. O superesportivo, que tem o codinome LP 780-4 Ultimae, será a versão mais potente não-eletrificada do Aventador. 

Lamborghini Aventador Ultimae conversível azul visto 3/4 de trás
O Aventador Ultimae será o último modelo 100% a combustão da marca italiana, que pretende eletrizar todo o catálogo até 2024 Divulgação/Lamborghini

A série especial tem o icônico motor V12 6.5 aspirado, capaz de entregar 780 cv. A versão final é mais potente, inclusive, que o Aventador SVJ e entrega 73,4 kgfm. 

O adeus de um superesportivo lendário não poderia ser diferente, por isso o Ultimae, com velocidade máxima de 355 km/h, é o Aventador de rua mais rápido já produzido. Ele vai de 0 a 100 km/h em pouco mais de 2,8 segundos e chega a 200 km/h em 8,7 segundos.

Lamborghini Aventador Ultimae prata visto 3/4 de frente
O último Aventador será limitado a 600 unidades, divididas entre cupê e conversíveis Divulgação/Lamborghini

Além da mecânica, a ideia da empresa italiana é unir o design luxuoso da versão S com o desempenho esportivo observado na variante SVJ. O cliente pode escolher entre 18 cores diferentes para a carroceria do seu Ultimae, número que pode chegar a mais de 500 tons caso ele utilize o programa de personalização da empresa. 

Lamborghini Aventador Ultimae prata visto por cima
O Ultimae terá 780 cv e vai de 0 a 100 km/h em pouco mais de 2,8 segundos Divulgação/Lamborghini

A Lamborghini utilizará rodas de aro 20 e 21 forjadas com diferentes opções de acabamento. Os pneus serão os PZero Corsa, da Pirelli, e as pinças de freio serão prateadas, com um grande leque de opções de cores.

  • No ambiente interno, o modelo conta com uma tela responsável pelo controle das funções do assim como pela conectividade, como a utilização de Apple CarPlay. O software é capaz de utilizar o comando de voz para ativar o sistema de entretenimento, por exemplo. 

    Interior do Lamborghini Aventador Ultimae conversível
    O interior foi pensado para ser luxuoso como o da versão S do Lamborghini Aventador Divulgação/Lamborghini

    A produção será limitada a 600 unidades e será dividida entre as versões cupê e conversível. Serão 350 cupês e 250 conversíveis, cada um vendido com uma placa com a numeração oficial do modelo. Os fãs brasileiros provavelmente não verão o Aventador Ultimae em território nacional, já que, ao final do anúncio, a marca deixou claro que o modelo não virá ao país.

    Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital

    Capa de QUATRO RODAS 746
    A edição 746 de QUATRO RODAS já está nas bancas! Arte/Quatro Rodas
    Continua após a publicidade
    Publicidade