Clique e assine por apenas 5,90/mês

Kia Soul sai de linha no Brasil e chegada da nova geração está sob risco

Terceira geração estava prevista para chegar ainda neste ano, mas alta do dólar ameaça planos. Do modelo atual, restam só três unidades em estoque

Por Gabriel Aguiar - Atualizado em 6 Maio 2020, 09h48 - Publicado em 6 Maio 2020, 07h00
Kia Soul
Versão atual era vendida no Brasil desde 2014 Pedro Bicudo/Quatro Rodas

O Kia Soul pode até aparecer no site da marca, mas não se iluda: o modelo saiu de linha no mercado brasileiro. Tanto que já não consta na tabela de preços.

E, de acordo com José Luiz Gandini, presidente da marca no país, a nova geração do modelo – que estreou lá fora em 2019 – segue em dúvida para nós.

Quer ter acesso a todos os conteúdos exclusivos de Quatro Rodas? Clique aqui e assine com 64% de desconto.

O crossover vendido até então (e que, na verdade, é categorizado em nosso mercado como SUV compacto) chegou às concessionárias na segunda metade de 2014. Nos últimos meses, era anunciado com descontos de R$ 10.000 para acabar com os estoques.

Se ainda houver interessados, restam apenas três unidades em todo o país, todas oferecidas a R$ 79.990.

Estreia no mercado brasileiro aconteceu em 2009 Divulgação/Kia

Elogiado pelo visual e feito sobre a plataforma PB, compartilhada por Kia e Hyundai – ou seja, a mesma do nosso HB20, mas com alterações profundas –, o Soul estreou mundialmente em 2008 e chegou ao Brasil no ano seguinte.

Continua após a publicidade

E, por aqui, alcançou bons números de vendas, com 18.000 emplacamentos apenas em 2011, por exemplo.

Kia Soul
Segunda geração manteve a inspiração no modelo original Pedro Bicudo

Mas a chegada do Inovar-Auto, programa automotivo que restringia a importação de veículos, em 2012, fez o crossover despencar no ranking, registrando índices inexpressivos de emplacamentos nos anos seguintes. Foi neste cenário que o modelo trocou de geração, em 2014, de maneira discreta.

A segunda encarnação (e última para nós) manteve a essência do desenho assinado pelo todo-poderoso Peter Schreyer, criador de Audi TT e VW New Beetle, assim como o motor 1.6 16V aspirado de 128 cv e 16,5 kgfm – como no hatch da Hyundai antes da atualização.

Soul tem versão esportiva com motor 1.6 turbo de 204 cv lá fora Divulgação/Kia

Se por aqui a carreira do crossover foi interrompida, lá fora ele continua à venda e tem opção esportiva com conjunto 1.6 turbo de 204 cv. Também está à venda uma configuração elétrica, batizada Soul EV, com a potência do esportivo e uma bateria de 64 kWh.

Anteriormente, a importação da terceira geração do modelo estava prevista para junho deste ano pelo Grupo Gandini, representante oficial da Kia no Brasil.

Entretanto, com a pandemia do novo coronavírus e as variações do dólar, a vinda passou a ser indefinida.

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da edição de maio da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

Fernando Pires/Quatro Rodas
Continua após a publicidade
Publicidade