Clique e assine com até 75% de desconto

Jeep terá nova identificação para a linha de elétricos

A apresentação oficial será este mê no salão de tecnologia CES 2020, em Las Vegas, nos Estados Unidos

Por Paulo Campo Grande 3 jan 2020, 14h19
Novo símbolo troca numeral da tração 4×4 por letra E em forma de tomada Internet/Reprodução

A Jeep vai apresentar sua nova identificação para modelos eletrificados. O anúncio oficial será feito durante a feira de tecnologia CES 2020, que acontece entre os dias 7 e 10 de janeiro, em Las Vegas, no estado de Nevada, nos Estados Unidos.

Como se vê na imagem acima, o emblema traz uma nova interpretação da inscrição 4×4 substituindo o quatro da direita (da traseira?) por uma letra é em forma de tomada, indicando a propulsão elétrica.

O Wrangler 2020 tem uma versão do tipo híbrido parcial. Divulgação/Jeep

Esse símbolo estará em todos os modelos eletrificados da linha Jeep, desde o híbrido parcial Wrangler da linha 2020, até os totalmente elétricos que ainda são projetos futuros, passando pelos híbridos plug-in Renegade, Compass e outra versão do Wrangler.

Estes três últimos deverão ser lançados este ano na Europa. Eles poderão ser mostrados já em março, no Salão de Genebra.

O Renegade estreia em versão do tipo híbrido plug-in. Divulgação/Jeep

Depois da Europa, os híbridos plug-in (que podem ser recarregados tanto pelo sistema de regeneração de energia quanto na tomada), serão oferecidos em outros mercados mais receptivos à esse tipo de tecnologia como na China e na sequência, Estados Unidos.

Quem falou dos planos da comercialização da linha foi ninguém menos que o presidente mundial da marca, Christian Meunier, recentemente. Segundo ele, toda a linha Jeep  terá propulsão elétrica até 2022.

No novo logo, “E” estilizado ganhou dois pinos de tomada e foi incorporado ao emblema Divulgação/Jeep

O novo emblema ainda será anunciado, mas os mais atentos já devem ter visto que, nas aparições de Renegade e Compass eletrificados, os protótipos já exibiam a letra E estilizada ao lado do tradicional logo 4×4.

  • A Jeep ainda não revelou detalhes desses dois carros mas a expectativa é que eles sejam equipados com dois motores, um 1.3 de quatro cilindros e um elétrico, totalizando cerca de 240 cv de potência.

    Um dos motores seria o responsável pela tração das rodas dianteiras enquanto outro movimentaria as rodas traseiras.

    Continua após a publicidade
    Publicidade