Clique e assine por apenas 8,90/mês

Hyundai que inspirou visual do novo HB20 ganha prêmio de design

Reestilização da família de compactos foi controversa, mas o Sonata, pioneiro da atual identidade visual, foi premiado por suas linhas contemporâneas

Por Redação - 3 fev 2020, 14h50
Hyundai Sonata foi uma das inspirações visuais para o novo HB20 Divulgação/Hyundai

A linha 2020 do HB20 ganhou uma repaginada discutível em seu visual. Logo após aparecer sem camuflagem pela primeira vez, QUATRO RODAS lançou uma enquete para saber o que os internautas achavam das novas linhas do compacto.

Durante a pesquisa mais de 15.600 pessoas responderam à pergunta: “Você gostou do visual do novo HB20?”.

O resultado foi claro: 71,6% (11.175 votos) dos votantes não gostaram do novo design do modelo, contra 28,4% (4.426 votos) que votaram a favor da atualização.

Novo Hyundai HB20 Fernando Pires/Quatro Rodas

No entanto, parece que a identidade visual adotada pelo modelo faz um pouco mais de sucesso fora do Brasil.

Isso porque o Sonata 2020 – modelo que inspirou a modificação do HB20 brasileiro – ganhou o prêmio Good Design 2019 do Chicago Athenauem – museu norte-americano que concede prêmios de design e arte.

Criado em 1950, em Chicago (EUA), o Good Design Awards é anual e tem por objetivo homenagear os melhores designers industriais e gráficos, além fabricantes mundiais que buscam mudanças contemporâneas nas linhas de seus veículos.

Continua após a publicidade
Traseira do Sonata é bem diferente dos HB20 hatch e sedã Divulagação/Hyundai

As mudanças vencedoras fazem parte da nova filosofia visual da Hyundai e, segundo o chefe do centro de design da empresa, SangYup Lee, deverá aparecer nos próximos carros da marca também.

 

A frente do sedã grande é bem parecida com a da nossa família de compactos, mas a grade hexagonal é esticada por conta do modelo ser mais largo. Um filete integrado aos DRLs na base dos faróis invade o capô até se ligar à base dos vidros laterais.

Na traseira, as lanternas – similares às do Honda Civic de última geração – são integradas por uma linha horizontal de led funcional.

Por dentro, o Sonata possui tecnologia avançada e intuitiva. A central multimídia e o quadro de instrumentos não são mais separados pelo difusor de ar, ficando praticamente integradas.

Ele não chegou ao Brasil, mas lá fora é vendido com duas variantes de motor: uma 2.0 de 152 cv e 19,6 mkgf e outra 2.5 de 180 cv e 23,7 mkgf, ambas com câmbio automático de seis velocidades.

Essa foi a terceira vez que o Sonata conquistou o prêmio e a nona vitória da Hyundai.

Continua após a publicidade
Publicidade