Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Hummer volta à vida com picape elétrica de 1.000 cv anti-Tesla Cybertruck

Antiga marca de SUVs volta como modelo da divisão GMC com motores elétricos e preparação off-road

Por Igor Macário Atualizado em 21 out 2020, 14h09 - Publicado em 21 out 2020, 14h08
Hummer tem três motores e até 1.014 cv GMC/Divulgação

Depois de muitos teasers e imagens que anteciparam o visual e funcionalidades de sua primeira picape elétrica, a nova Hummer finalmente foi revelada por completo. E a pompa envolvida na apresentação da picape mostra a importância que a novidade deverá ter para a GM dos próximos anos.

Quer ter acesso a todos os conteúdos exclusivos de Quatro Rodas? Clique aqui e assine por apenas R$ 5.90

E a picape não pegou emprestado apenas o nome dos peculiares utilitários que saíram de linha há cerca de uma década. O visual bruto remonta aos antigos H1, H2 e H3, com linhas quadradas e jeitão bruto.

  • Mas em vez de um V8 poluidor e gastão sob o capô, a nova Hummer usa três motores elétricos que entregam nada menos que 1.014 cv e quase 1.500 kgfm de torque. Segundo a GM, o conjunto leva a picape grande de 0 a 100 km/h em cerca de três segundos graças a um sistema de controle de largada.

    GMC/Divulgação

    A autonomia deve chegar aos 560 km e a picape usará as novas baterias Ultium, desenvolvidas pela GM. Elas são capazes de suportar recargas de até 350 kW e a picape Hummer conseguirá recuperar cerca de 160 km de autonomia em até dez minutos plugada.

    Continua após a publicidade

    A GMC promete usar o maior controle dos motores elétricos para performance fora de estrada da picape. Haverá ainda esterçamento das rodas traseiras para melhorar a manobrabilidade em espaços apertados.

    GMC/Divulgação

    A Hummer poderá até andar “de lado”, com todas as rodas apontando para o mesmo lado. A suspensão é a ar, com amplitude de até 15 cm entre os pontos mais alto e mais baixo.

    GMC/Divulgação

    Dentro, a temática “bruta” continua, com linhas quadradas e proposta de funcionalidade. No centro do painel, uma tela de 13,4 polegadas serve ao sistema de entretenimento. Os mostradores são projetados em outra tela, de 12,3 polegadas, à frente do motorista.

    A picape chegará às ruas americanas no fim de 2021 na versão de lançamento Edition 1, lotada de equipamentos e com os 1.014 cv. O preço inicial é de 112.000 dólares, o equivalente a 626.360 reais no câmbio atual.

    Em 2022, chega a versão 3X, com 811 cv e autonomia de 480 km. No ano seguinte, uma terceira versão, a 2X, com 634 cv.

    Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

    Arte/Quatro Rodas
    Continua após a publicidade
    Publicidade