Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Governo russo sorteará carros de até 1 milhão para quem tomar a vacina

A iniciativa foi ideia do presidente de Moscou, que tenta aumentar a taxa de vacinados na capital russa

Por João Vitor Ferreira Atualizado em 15 jun 2021, 12h54 - Publicado em 14 jun 2021, 20h38
Kia Rio é um dos carros mais vendidos na Rússia e possui valor na casa dos 900 mil reais.
Kia Rio é um dos carros mais vendidos na Rússia e possui valor na casa dos 900.000 rúblos Divulgação/Kia

Se aqui no Brasil os políticos dizem que quem se vacina vira jacaré, na Rússia eles vão sortear carros novos para os imunizados. A iniciativa foi anunciada pelo prefeito de Moscou, Sergei Sobyanin, que vai sortear cinco carros por semana para quem se vacinar entre os dias 11 de junho e 14 de julho.

Clique aqui e assine Quatro Rodas por apenas R$ 8,90

A iniciativa está sendo tomada devido ao aumento nos casos de COVID-19 e à baixa taxa de vacinação da população da capital russa. Do dia 12 para o dia 13 de junho, Moscou registrou 7.704 novos casos. Em toda a Rússia no mesmo período, foram registrados 14.723 casos.

Os carros sorteados terão o valor de até um milhão de rublos (cerca de R$ 70 mil reais na cotação atual). “Mas é claro que o principal ganho para quem se vacinar não pode ser comparado a nenhum carro. É a sua própria saúde e equilíbrio espiritual”, disse o Sergei Sobyanin em anúncio oficial.

Alguns carros que se encontram nessa faixa de preço no mercado russo são o Volkswagen Polo e o Kia Rio, um dos mais vendidos por lá. 

Continua após a publicidade
Volkswagen Polo Virtus 2022
O Polo é outro carro popular na Rússia e o preço de suas versões mais básicas estão na casa dos 1 milhão de rúblos Divulgação/Volkswagen

Outra medida tomada pelo prefeito foi anunciada no sábado (11). Sobyanin ordenou que centros esportivos e playgrounds situados dentro de parques fossem fechados por uma semana. Bares e restaurantes não poderão permanecer abertos após às 23h.

Além do sorteio dos carros, um apartamento de três cômodos também será sorteado para incentivar a população a se vacinar.

  •  

    Não há dados sobre o número de vacinados em Moscou. No último número oficial, divulgado no dia 21 de maio, cerca de 1,3 milhão de um total de 12 milhões haviam tomado pelo menos a primeira dose da vacina. 

    “Esta é apenas uma solução temporária. Para evitar novas restrições e garantir uma melhoria sustentável da situação, precisamos acelerar significativamente as vacinações.”, disse o prefeito para um blog no último domingo.

    Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital

    Capa Quatro Rodas 745 maio 2021
    Arte/Quatro Rodas
    Continua após a publicidade
    Publicidade