Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

GM pode relançar Hummer como divisão de SUVs elétricos

O primeiro Hummer eficiente da história deverá ser uma picape capaz de concorrer com a Rivian R1T

Por Daniel Telles Atualizado em 21 out 2019, 20h02 - Publicado em 21 out 2019, 18h06
Marca Hummer saiu de linha em 2008, devido à crise financeira da General Motors General Motors/Divulgação

Os Hummer, tidos como exemplo de carros ineficientes e poluidores, podem voltar à vida. O mais surpreendente: eles seriam elétricos.

A Hummer teve sua produção encerrada oficialmente em 2009, no auge da crise da General Motors, com o fim dos H2 e H3. Entretanto, a icônica marca americana pode retornar ao mercado dentro de alguns anos sendo parte da iniciativa da empresa no mercado de carros elétricos.

Hummer H3 modelo 2006, o menor carro da marca General Motors/Divulgação

Segundo a agência de notícias Reuters, a GM pretende iniciar, até o final de 2021, a produção de uma linha de SUVs de luxo, chamada BT1, na fábrica de Detroit-Hammtrack (EUA).

O primeiro modelo da linha, por enquanto chamado de “Projeto O”, é tido como uma picape elétrica ainda sem uma marca definida. Segundo a Reuters, reviver a Hummer é uma das opções consideradas pela GM.

Modelo 2008 do Hummer H2 foi um dos últimos da marca General Motors/Divulgação

A primeira picape da linha BT1 chegaria ao mercado para competir com a picape elétrica Rivian R1T apresentada ano passado no salão de Los Angeles (EUA).

Investimentos para eletrificação

A GM deve investir nos próximos quatro anos cerca de US$ 7,7 bilhões (cerca de R$ 32 bilhões) na preparação das fábricas dos EUA para eletrificação de seus veículos.

  • Somente na fábrica de Detroit-Hammtrack serão investidos US$ 3 bilhões (R$ 12,45 bilhões) para produção de carros elétricos de grande porte.

    Continua após a publicidade
    Publicidade