Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Frankfurt: resumo do segundo dia do maior Salão do mundo

Os novos lançamentos e as reestilizações mais relevantes do evento

Por Rodrigo Furlan Atualizado em 9 nov 2016, 14h41 - Publicado em 16 set 2015, 17h23
fabricantes

A abertura dos portões do Salão de Frankfurt ao público está prevista para a quinta-feira (17), mas desde ontem você já conferiu as grandes novidades do evento alemão. Veja abaixo as mais importantes novidades exibidas no segundo dia de cobertura da imprensa em Frankfurt.

Alfa Romeo Giulia Quadrifoglioalfa-romeo-giulia-live.jpeg

Eis o mais novo modelo da retomada da marca italiana. Em Frankfurt, o sedã foi apresentado também em sua versão de performance, a Quadrifoglio Verde. Com motor 2.9 V6 turbo (510 cv), ele é capaz de completar uma volta em Nurburgring em 7min39s, com velocidade máxima de 307 km/h. Seu preço inicial será de 79 mil euros.

DS 4ds4-crossback.jpeg

Três versões do modelo da marca de luxo da Citroën foram apresentados no evento alemão. O convencional teve discretíssimas mudanças, como faróis de LED e revestimento interno com duas cores. Já a Crossback é maior novidade, com visual aventureiro, mais alto (em 3 cm) e dotado de cinco opções de motorização: de 130 e 165 cv a gasolina e 120, 150 e 180 cv a diesel. Uma versão conceitual, muito similar à Crossback, também está lá, como modestas diferenças no design.

Ford Focus RSford-focus-rs.jpeg

Já faz quase três meses que a Ford exibiu o novo Focus RS, mas alguns detalhes adicionais foram revelados em Frankfurt. Já se sabia que o modelo oferecia 350 cv com o motor 2.3 EcoBoost, mas agora a marca confirmou: este é o carro “RS” mais rápido já produzido. A aceleração de 0 a 100 km/h ocorre em 4,7 segundos, enquanto a velocidade máxima atingida é de 266 km/h.

Hyundai Santa Fehyundai-santa-fe.jpeg

O facelift do utilitário esportivo segue o padrão da atual linguagem de design da Hyundai, com nova grade frontal, novas luzes diurnas de LED, faróis, ponteiras quadradas de escapamento, entre outras novidades. Três versões de motorização estão disponíveis no novo Santa Fe: 2.4 a gasolina (de 188 cv), 2.0 a diesel (150 cv) e 2.2 a diesel (de 200 cv).

Continua após a publicidade

Hyundai Vision G concepthyundai-vision-g.jpeg

A montadora sul-coreana quer se reposicionar no mercado global, tornando-se mais premium. E o Vision G concept é o primeiro passo nesse sentido, já que antecipa um dos vários modelos de alto padrão que ela produzirá. Ele é totalmente voltado ao luxo, com revestimento interno de couro de alta qualidade, detalhes de acabamento dourados e sistema de áudio Lexicon, entre outros itens de destaque.

Mercedes-Benz Classe C Coupemercedes-benz-classe-c-coupe.jpeg

O modelo cresceu consideravelmente de tamanho na comparação com a geração anterior: 9,5 centímetros a mais de comprimento (sendo 8 cm a mais de espaço entre-eixos) e 4 cm a mais de largura. Seis opções de motorização estarão disponíveis para o mercado europeu, sendo quatro a gasolina (156, 184, 211 e 245 cavalos de potência) e duas a diesel (170 e 204 cv).

Rolls-Royce Dawnrolls-royce-dawn.jpeg

Grosseiramente, podemos dizer que este é um Wraith que perdeu o teto. Mas, naturalmente, não é só isso. O Dawn também é mais pesado do que o cupê no qual se baseia, precisamente 200 kg a mais. Isso se deve ao reforço da estrutura do modelo para comportar um teto um pouco mais complexo. Sob o capô, foi mantido o possante 6.6 W12 biturbo, oferecendo 563 cv e conectado a um câmbio automático de seis marchas.

Toyota Priustoyota-prius.jpeg

Que ele é um carro ideal para aqueles que buscam eficiência energética, todos já sabem. Mas o novo Prius precisava de uma atualização no visual um tantinho obsoleto. Essa reestilização veio, mas causou polêmica entre o público em geral. Fato é que o novo Prius está 10% mais eficiente do que seu antecessor, além de ter aumentado de tamanho – está 6 cm mais longo.

Volkswagen Golf GTI Clubsportvolkswagen-golf-gti-clubsport.jpeg

Ele causou certa comoção nas redes sociais há alguns dias. O motivo é simples: trata-se do mais potente Golf GTI de fábrica da história. Por padrão, o hatch oferece 265 cavalos de potência, mas, graças à função overboost, ele pode desenvolver 25 cv a mais por um período aproximado de 10 segundos – alcançando, portanto, 290 cv. Ainda sem preço definido, a estimativa é de que o GTI Clubsport seja vendido por até 35 mil euros.

VEJA MAIS– Frankfurt: resumo do primeiro dia do maior Salão do mundo– Frankfurt: os carros-conceito mais interessantes – ou malucos – do Salão

Continua após a publicidade

Publicidade