Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Ford vende 2.000 híbridos plug-in para GE

Empresa americana quer mais veículos verdes em sua frota

Por André Paixão Atualizado em 9 nov 2016, 12h15 - Publicado em 31 jan 2013, 19h35
sustentabilidade

Uma parceria entre a Ford e a GE vai tornar as ruas mais verdes. Como parte do acordo, a GE comprará 2000 unidades do C-Max Energi. É a maior venda de híbridos de uma só vez na história da marca de Detroit.

O crossover é uma das novidades da linha de híbridos da Ford. O conjunto de dois motores alia um a combustão, de quatro cilindros e 141 cv, a outro elétrico, de 118 cv. Ele mal chegou às lojas e já conquistou o título de híbrido plug-in mais econômico dos Estados Unidos, com consumo médio de 46 km/l e autonomia de mais de 800 km.

A aquisição da GE faz parte do ambicioso plano de tornar metade dos 50000 carros de sua frota movida a combustíveis alternativos. Após a conclusão da compra, serão 5000 carros com essa configuração, ou seja, 20% do objetivo previsto pela corporação estará concluído.

Segundo a empresa, os 3000 carros sustentáveis atuais já rodaram cerca de 18 milhões de quilômetros, deixando de despejar mais de 5400 toneladas de gases poluentes no planeta.

Além disso, as duas companhias trabalharão em conjunto com o Georgia Institute of Technology, que por meio do aplicativo MyFord vai avaliar em tempo real o comportamento dos motoristas da GE. Os hábitos de condução serão estudados e soluções para os possíveis problemas de utilização dos veículos serão apontadas. Os resultados das pesquisas serão divulgados para os consumidores comuns.

Em troca, a Ford promoverá entre seus clientes a divulgação da estação de recarga rápida WattStation, criada pela GE em 2010. O equipamento é capaz de recarregar um modelo completamente no prazo de quatro a oito horas.

638_via_01.jpg
Continua após a publicidade
Publicidade