Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Ford terá novo Bronco, Mustang Mach 1 e Ranger Black no Brasil em 2021

Ford também confirmou lançamento da nova geração da Ranger em 2023, com produção na Argentina

Por Henrique Rodriguez Atualizado em 1 dez 2020, 17h11 - Publicado em 1 dez 2020, 15h59
Bronco
Ford Bronco 2 portas Divulgação/Ford

Em coletiva para marcar seu fim de ano, o presidente da Ford do Brasil, Lyle Watters, confirmou importantes novidades para o Brasil em 2021. A maior delas, literalmente, é o novo Ford Bronco, que teve sua importação confirmada pelo executivo.

Black Friday na Quatro Rodas! Clique aqui e assine por apenas R$ 7,90

Watters disse que só dará mais detalhes sobre o Bronco no ano que vem, o que deixa em aberto se trata-se do Bronco ou do Bronco Sport. O primeiro é um jipão com chassi convencional, opção de duas e quatro portas, e motores 2.3 turbo com 270 cv e 42,8 kgfm ou V6 2.7 turbo, de 310 cv e 55,2 kgfm com grande capacidade off-road que teria o Jeep Wrangler como grande rival.

Bronco
O Bronco Sport tem dimensões próximas às do rival Jeep Compass Divulgação/Ford

O outro é um SUV médio com carroceria monobloco, o mesmo visual quadradão mas maior espaço interno e motores 3-cilindros 1.5 turbo com 184 cv para as versões de entrada e 2.0 turbo com 248 cv para as configurações mais caras. Ele foi, inclusive, responsável pelo fim do Ford Fusion e ocupa sua fábrica no México atualmente – e isso pode favorecer sua importação.

Bronco
Modelo será importado do México para o Brasil Divulgação/Ford

Outro importado anunciado é o novo Mustang Mach 1, reedição do Mach 1 de 1968 e muito fiel ao estilo dele. Tem para-choques exclusivos, grade com espaços alusivos aos faróis de milha e aerofólio. Mas não para por aí. As rodas aro 19 têm desenho inspirado nas clássicas Magnum 500 de 50 anos atrás.

Mustang Mach 1
Mustang Mach 1 Divulgação/Ford

Sua função na linha será a mesma de cinco décadas atrás: servir de elo entre o Mustang GT (vendido no Brasil por R$ 354.990) e o Shelby GT350, que não é vendido no Brasil.

Mustang Mach 1
Mach 1 tem combinação mecânica exclusiva Divulgação/Ford

O novo Mustang Mach 1 tem o motor V8 5.0 em sua versão mais potente da história, com 486 cv e 58 kgfm de torque – contra 466 cv e 56,7 kgfm do GT.

Continua após a publicidade

De toda forma, serão pelo menos dois novos modelos importados da América do Norte a partir de 2021, mesmo com o real acumulando 20% de desvalorização em 2020, como apontou Watters. De acordo com o executivo, o mercado brasileiro só deverá se recuperar do impacto da Covid-19 em 2023.

  • Quem terá novidades em 2021 e 2023 é a Ford Ranger. Para o ano que vem está confirmado o lançamento da Ranger Black, caracterizada por elementos como grade, retrovisores e rodas pintados de preto, além de acabamento exclusivo. Para daqui a dois anos, porém, está confirmado o lançamento de sua nova geração.

    Mustang Mach 1
    Imagem vazada revela as linhas da nova Ford Ranger Wheels/Internet

    Para isso a Ford também anunciou hoje um investimento de 580 milhões de dólares em sua fábrica localizada em General Pacheco, na Argentina, responsável pela produção da picape média desde 1997.

    ranger
    Picape só deverá ser revelada no exterior em 2021 Wheels/Internet

    A nova geração da Ford Ranger seria montada nesta unidade junto com a nova geração da Volkswagen Amarok, que está em desenvolvimento sobre o chassi da Ford. Contudo, a Volkswagen desistiu do acordo e produzirá a nova Amarok apenas na África do Sul. Já a nova Ranger também será produzida na África do Sul e Tailândia.

    Mais voltada para o uso comercial, quem também está confimadíssima para 2021 é a nova Ford Transit, que será montada no Uruguai.

    Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

    Capa 739

    Continua após a publicidade
    Publicidade